Segunda-feira, 28 mai 2007 - 10h50

De olho no céu. Marte está se aproximando da Terra!

Marte é o quarto planeta do sistema solar e durante um longo tempo esteve do outro lado do Sol, bem longe da vizinha Terra e dos olhos interessados dos observadores. Mas para felicidade geral, o planeta vermelho está de volta, se aproximando cada vez mais do nosso planeta.

Atualmente, Marte se encontra a 246 milhões de quilômetros de nós, mas essa distância vem diminuindo dia a dia e no dia 18 de dezembro deverá chegar a apenas 88 milhões de quilômetros, em um momento conhecido como oposição. Em termos astronômicos equivale dizer que Marte estará ali na esquina. Quando isso ocorrer, seu diâmetro aparente será de 15 arcos de segundo, três vezes maior do que aparenta atualmente.

Marte já é facilmente visível e pode ser observado a olho nu durante uma ou duas horas antes do nascer do Sol. Aparenta ser um ponto vermelho, mas um simples binóculo ou luneta já permitem distingui-lo como um disco avermelhado, de magnitude 0.99.

No dia 18 de dezembro, quando se aproximar ao máximo de nosso planeta, a magnitude de Marte será de -1.64, classificando o planeta como um dos objetos mais brilhantes do céu.

Para aproveitar esse período de grande aproximação, a Nasa planeja lançar em agosto a sonda Phoenix Mars lander, que deverá chegar ao planeta em maio de 2008.


Vendo Marte
Para ver Marte nos próximos dias, acorde mais cedo (ou durma mais tarde) e olhe na direção leste uma ou duas horas antes do nascer do Sol. Marte estará lá, brilhando forte. Um telescópio de boa qualidade apontando para ele poderá revelar alguns detalhes interessantes, entre eles sua calota polar no hemisfério Sul, constituída de gelo seco (CO2 congelado) e que reflete mais luz do que outras regiões.

Um observador mais atento perceberá que a cada noite o planeta estará mais brilhante, até culminar em sua máxima aproximação em 18 de dezembro. Neste momento o planeta poderá ser visto por quase toda a noite, brilhando muito forte e revelando muito mais detalhes.


O planeta
Marte é um pouco maior que a metade da terra e para dar uma volta ao redor do Sol leva 687 dias, um pouco menos que dois anos terrestres. Para completar essa volta, o planeta vermelho percorre 9.55 UA (unidades Astronômicas), o equivalente a 1.43 bilhões de quilômetros.

Marte tem um dia com tamanho parecida com o da Terra, e completa uma revolução ao redor do próprio eixo em 24 horas e 37 minutos. Sua temperatura varia entre -140 e 20 graus Celsius. A atmosfera marciana é composta de 95% de CO2.

Artes: No topo, foto do planeta Marte feita pela sonda norte-americana Viking 1, em 22 de fevereiro de 1980, de uma perspectiva de uma altura de 2.500 quilômetros. Na seqüência vemos duas cartas celestes que mostram o planeta nos próximos dias e no dia 18 de dezembro, durante a máxima aproximação. Acima, cena do pôr-do-Sol em Marte, como captada pela sonda norte-americana Spirit, estacionada na cratera Gusev, no dia 19 de maio de 2005. Crédito NASA.

LEIA MAIS NOTÍCIAS
Base de Dados Completa

Se você precisa de uma base de dados de latitude e Longitude das cidades brasileiras, clique aqui.
Podemos fornecer uma base completa, com mais de 5500 cidades em formato Excel.
Ideal para Projetos, Desenvolvimentos e construção de aplicativos.














Termo de Uso  |   Links Úteis  |   Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019

"Se os outros desistem da aposta todas as vezes que em que você tem uma boa mão, é porque está escondendo o jogo" - Curtis Jonhson