Procure no Apolo11
Terça-feira, 9 jan 2024 - 09h56
Por Rogério Leite

EUA lançam a Peregrine One, primeira missão comercial com destino à Lua

Os EUA lançaram na última segunda-feira, sua primeira missão privada com o objetivo de pousar no solo lunar. O feito é uma resposta das duas maiores companhias aeroespaciais dos EUA à hegemonia da SpaceX, que atualmente domina o lançamento de veículos espaciais comerciais.

Lançamento do foguete Vulcan em 08 de janeiro de 2023.
Lançamento do foguete Vulcan em 08 de janeiro de 2023.

O veículo escolhido para a missão é o foguete Vulcan, um lançador projetado e construído pelo consorcio formado pela Boeing e Lockheed Martin, conhecida por dominar o lançamento de satélites civis e militares até o final de 2010.

O lançamento ocorreu a partir da base de lançamentos de Cabo Canaveral, na Flórida, às 04h18 BRT (Hora de Brasília) e transcorreu sem problemas por cerca de 58 minutos, quando os engenheiros de controle detectaram que um dos painéis solares responsáveis pela alimentação da cápsula Peregrine, no topo do foguete, não havia aberto na orientação correta. O problema foi corrigido algumas horas depois e o voo seguiu normalmente.

Continua após a publicidade


A missão, batizada de Astrobotic Peregrine Mission One, tem como objetivo pousar na superfície da Lua a cápsula Peregrine 1, contendo diversos instrumentos científicos a bordo. A Peregrine 1 é fabricada pela empresa Astrobotics, um dos 14 fornecedores elegíveis para transportar cargas úteis da NASA para a Lua.

Sinus Viscositatis é uma larga região plana ao lado de um gigantesco antigo fluxo de lava chamado Gruithuisen Domes. A cena é um mosaico capturado pela câmera grande angular a bordo da nave LRO, lançada na orbita da Lua em 2009.<BR>
Sinus Viscositatis é uma larga região plana ao lado de um gigantesco antigo fluxo de lava chamado Gruithuisen Domes. A cena é um mosaico capturado pela câmera grande angular a bordo da nave LRO, lançada na orbita da Lua em 2009.


Pouso e Objetivo da Missão
Se tudo der certo, a Peregrine 1 deverá pousar na face visível da Lua no dia 23 de fevereiro, sobre uma região conhecida como Sinus Viscositatis, uma feição lunar longe das cúpulas de lava endurecida Gruithuisen. O local foi o escolhido porque essas estruturas naturais, semelhantes às existentes na Terra, requerem grandes volumes de água para sua formação, levando os cientistas a acreditar que esta localidade pode conter evidências de água na Lua.

Concepção artística mostra o módulo Peregrine 1.<BR>
Concepção artística mostra o módulo Peregrine 1.


Instrumentos Científicos
Ao todos, cinco instrumentos científicos deverão coletar informações ao redor de Sinus Viscositatis. Dentre os experimentos, quatro são espectrômetros variados enquanto um deles é um arranjo de retrorrefletores laser que serão usados para melhorar as medições de distância entre os orbitadores ao redor da Lua e os rovers na superfície. De acordo com a Nasa, esses instrumentos deverão servir de balizadores para as naves que chegarão a Lua nos próximos anos. Retrorrefletores são espelhos especialmente desenhados para refletir feixes de laser para o local de origem.

LEIA MAIS NOTÍCIAS
Base de Dados Completa

Se você precisa de uma base de dados de latitude e Longitude das cidades brasileiras, clique aqui.
Podemos fornecer uma base completa, com mais de 5500 cidades em formato Excel.
Ideal para Projetos, Desenvolvimentos e construção de aplicativos.


Quarta-feira, 28 fev 2024 - 10h18
Terça-feira, 13 fev 2024 - 23h00


Termo de Uso  |   Links Úteis  |   Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2024

"Passei mais da metade da minha vida a me preocupar com coisas que jamais iriam acontecer" - Churchill -