Terça-feira, 11 mar 2008 - 07h07

Endeavour decola e leva Kibo para o espaço

Exatamente como previsto e sem qualquer tipo de interrupção, a agência espacial americana, Nasa, lançou na madrugada desta terça-feira o ônibus espacial Endeavour rumo à Estação Espacial Internacional, ISS. A missão, oficialmente chamada STS-123, deve durar 16 dias, sendo que o ônibus espacial ficará acoplado à ISS durante 12 dias, com cinco caminhadas espaciais previstas.

O lançamento ocorreu às 03h28 da madrugada a partir da plataforma de Cabo Canaveral, na Flórida e oito minutos após a ignição dos motores principais a nave já se encontrava em órbita.

O Endeavour terá a importante missão de levar até a ISS a primeira parte do laboratório espacial japonês Kibo. O módulo pressurizado contém equipamentos do futuro laboratório e tem o tamanho de um ônibus de dois andares. O Endeavour carregará também sistema robótico canadense Dextre, dotado de dois braços e que deverá ampliar ainda mais as capacidades da ISS. A outra parte principal do laboratório deverá ser levada ao espaço no final de maio.

A missão STS-123 será comandada pelo veterano astronauta t Dominic Gorie, tendo como piloto da nave o astronauta Gregory H. Johnson. Os especialistas da missão são um mix de astronautas experientes e novatos. Robert L. Behnken, Mike Foreman, Rick Linnehan e Garrett Reisman, além do astronauta japonês Takao Doi terão críticas tarefas durante os 16 dias no espaço.


Kibo e Braço Dextre
O módulo pressurizado do complexo Kibo representa a primeira nave tripulada japonesa. "Com este primeiro vôo e colaboração, nos tornamos um parceiro real no projeto da ISS", disse Keiji Tachikawa, presidente da JAXA, a agência espacial japonesa.

Além da montagem inicial de Kibo, dois dias serão gastos na montagem de um par de mãos robóticas no guindaste da estação. O equipamento canadense, chamado de Dextre, possui 9 metros de comprimento da ponta de um braço ao outro. Ele será capaz de instalar e de manusear elementos tão pequenos quanto uma lista telefônica ou tão grandes quanto uma cabine telefônica. Uma nova técnica para consertar o escudo antitérmico dos ônibus espaciais também será testada. A novidade foi elaborada depois do acidente com o Columbia em 2003.

Ao final da missão STS-123, a Endeavour retorna à Terra trazendo de volta o engenheiro de vôo Leopold Eyharts,que permaneceu na estação desde fevereiro. Em seu lugar ficará o astronauta Garrett Reisman.

Fotos: No topo, lançamento do ônibus espacial Endeavour com a missão STS-123 a bordo. Acima, módulo pressurizado japonês Kibo, a primeira estrutura do laboratório japonês, despachado à ISS nesta missão do Endeavour. Créditos: Nasa/JAXA. clique sobre as imagens para ampliar.

LEIA MAIS NOTÍCIAS
Base de Dados Completa

Se você precisa de uma base de dados de latitude e Longitude das cidades brasileiras, clique aqui.
Podemos fornecer uma base completa, com mais de 5500 cidades em formato Excel.
Ideal para Projetos, Desenvolvimentos e construção de aplicativos.














Termo de Uso  |   Links Úteis  |   Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019

"Quem não compreende um olhar, tampouco há de compreender uma longa explicação" - Provérbio Arabe