Procure no Apolo11
Terça-feira, 25 mar 2008 - 08h38

Endeavour desacopla da ISS e prepara retorno à Terra

Após quase 13 dias acoplado à Estação Espacial Internacional, ISS, o ônibus espacial Endeavour iniciou sua jornada de volta à Terra, após se desacoplar do complexo orbital nesta segunda-feira. A porta estanque que unia as duas naves foi fechada exatamente às 18h49 pelo horário de Brasília, após a cerimônia de despedida entre os sete membros da tripulação STS-123 do ônibus espacial e os três tripulantes da atual equipe 16 da ISS.

O desacoplamento entre as naves finalizou às 21h25, após uma série de procedimentos de navegação efetuados pelo piloto Gregory Johnson, que antes de comandar o ônibus espacial de volta à Terra, orbitou o Endeavour ao redor da ISS e do novo laboratório japonês Kibo.

A missão STS-123 chegou à ISS no dia 12 de março, onde entregou e instalou ao módulo Harmony o container logístico pressurizado ELMPS, a primeira etapa do laboratório japonês Kibo. Os astronautas também instalaram um segundo braço robótico duplo, Dextre, de fabricação canadense e realizaram trabalhos de manutenção externa, além de demonstraram uma nova técnica de conserto de placas de blindagem térmica em caso de necessidade.

Continua após a publicidade


Durante sua estadia na ISS, os astronautas da missão STS-123 bateram o recorde de atracamento entre as duas naves, com quase 13 dias unidas. Além disso, estabeleceram também o recorde de atividades extraveiculares, realizando cinco passeios espaciais, quando o normal são três caminhadas em 11 ou 12 dias de acoplamento.

Além das tarefas espaciais, a missão STS-123 levou à ISS o engenheiro de vôo Garrett Reisman, que ficará no lugar do astronauta europeu Léopold Eyharts, que está retornando à Terra junto à tripulação do Endeavour.

O pouso da nave Endeavour está programado para esta quarta-feira, às 20h05, na pista do Centro Espacial Kennedy, na Flórida. Os procedimentos de-orbitais têm início às 18h58, quando a nave estiver sobrevoando a Indonésia.


A Re-entrada
De-orbital é o nome dado ao processo de re-entrada e é realizado pelos computadores de bordo dos ônibus espaciais. Esta operação posicionará a Endeavour de costas e acionará os retro-foguetes de modo a diminuir a velocidade da nave.

Perdendo velocidade, a nave tende a perder altitude, o que aumenta o atrito sobre as altas da camada da atmosfera. Conhecido por "re-entrada", este é um dos momentos mais críticos de toda a missão, somente comparável em risco aos 8 minutos iniciais do lançamento.

Durante a re-entrada, a temperatura do corpo da espaçonave atinge mais de 1500 graus Celsius. Este calor é isolado por milhares de pequenas placas de cerâmica e sílica, que revestem a parte inferior do ônibus espacial. O nariz e bordos de ataque da nave são protegidos de forma mais cuidadosa, já que produzem maior atrito e consequentemente mais calor. Cada placa de cerâmica é única e numerada e não pode ser substituída por outra que não seja sua réplica.

A elevada temperatura causada pelo atrito aquece os gases ao redor da espaçonave e os incandesce. Esse fenômeno é conhecido como plasma e ocorre devido à ionização das partículas dos gases. A ionização bloqueia a propagação das ondas de rádio e impede a transmissão de dados e comunicações de voz entre a nave e o centro de controle da missão. Esse momento é conhecido como rádio-blackout.

O processo de-orbital desta quarta-feira ocorrerá durante a revolução 248 do ônibus espacial e como das outras vezes será transmitido ao vivo pelo Apolochannel, que retransmite a Nasa-TV.

Fotos: No topo, em primeiro plano, o especialista de missão Léopold Eyharts. Atrás dele o piloto Gregory H. Johnson. No momento da foto os astronautas trabalhavam os sistemas robóticos do laboratório norte-americano Destiny. Acima, vídeo mostra o momento do desacoplamento entre as naves, transmitido pela Nasa-TV. Créditos: Nasa/Nasa-TV/YouTube.

LEIA MAIS NOTÍCIAS
Base de Dados Completa

Se você precisa de uma base de dados de latitude e Longitude das cidades brasileiras, clique aqui.
Podemos fornecer uma base completa, com mais de 5500 cidades em formato Excel.
Ideal para Projetos, Desenvolvimentos e construção de aplicativos.


Terça-feira, 13 fev 2024 - 23h00


Termo de Uso  |   Links Úteis  |   Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2024

"O melhor mentiroso é aquele que que faz a menor quantidade de mentira percorrer o caminho mais longo" - Samuel Butler -