Segunda-feira, 17 nov 2008 - 09h25

Endeavour se acopla com sucesso à Estação Espacial

Dois dias após decolar de Cabo Canaveral, na Flórida, os ônibus espacial Endeavour se acoplou com sucesso à Estação Espacial Internacional, ISS. O evento ocorreu no domingo (16/11) às 20h31 pelo horário de Brasília, enquanto ambas as naves orbitavam a fronteira norte da Índia, próximo à China, a 340 km de altitude.

Endeavour e módulo Leonardo

Durante os últimos 600 pés (180 metros) da aproximação final, o comandante Chris Ferguson girou lentamente o transportador, o que permitiu ao comandante Mike Fincke e ao engenheiro de vôo Greg Chamitoff, a bordo da ISS, fazerem diversas fotos da crítica blindagem térmica inferior da Endeavour. As fotos foram então enviadas à Nasa, onde especialistas em segurança checarão cada setor do escudo em busca de qualquer falha que possa representar risco durante a re-entrada da nave.

As comportas de acesso entre a ISS e a Endeavour foram abertas duas horas mais tarde, marcando o início de mais de uma semana de operações entre as duas equipes. Para os trabalhos no espaço a Endeavour transportou mais de 7.500 quilos de carga no interior do módulo logístico pressurizado Leonardo, que será utilizado para transferir os equipamentos para a ISS.


Missão
O objetivo principal da missão, batizada STS-126, será o de melhorar a estrutura interna da ISS, permitindo que a estação possa acomodar mais 3 tripulantes, dobrando a capacidade de pessoas em seu interior. A equipe também realizará quatro atividades extraveiculares que efetuará trabalhos de reparos nas junções de rastreio dos dois painéis solares.

A conexão do módulo Leonardo à ISS será feita nesta segunda-feira e logo em seguida os equipamentos serão transferidos para o interior do complexo espacial. Ao término dos trabalhos o módulo Leonardo será novamente levado ao compartimento de cargas da Endeavour para retorno à Terra.

Entre os tripulantes da Endeavour estava a astronauta Sandra Magnus, que oficialmente assumiu o posto de Greg Chamitoff a bordo da ISS, e deverá permanecer no espaço pelos próximos meses. Chamitoff assume então a função de especialista de missão da Endeavour e retornará à Terra após 167 dias a bordo da ISS.


Astrônomo registra a ISS cruzando o disco lunar
Ver a Estação espacial cruzar o céu noturno é uma atividade muito instrutiva e prazerosa e o Apolo11 já mostrou por diversas vezes como fazê-la. É só rastrear a estação e saber quando ela irá passar sobre o local de observação. Se for um pouco depois do pôr-do-Sol ou um pouco antes dele nascer, a ISS poderá ser vista. O problema começa quando se tenta fotografar a ISS de forma perfeita. Neste caso... só com bastante prática mesmo!

Transito Lunar da ISS

Mas pela foto mostrada acima, prática e determinação foi o que não faltou ao astrônomo Ed Morana, de Livermore, na Califórnia, que captou esta belíssima imagem da Estação Espacial Internacional cruzando o disco lunar no dia 10 de novembro.

A foto mostra a ISS quase sobre a cratera Tycho e foi captada com uma câmera de vídeo acoplada a um telescópio de 10 polegadas. Como a ISS se desloca visualmente muito rápido, é muito pouco provável que Morana tenha visto a ISS cruzar a Lua, mas com a ajuda de um bom equipamento e muitas tentativas anteriores, o esforço foi finalmente recompensado.

Apesar de parecer cruzar o disco lunar, a ISS está muito mais próxima de nós do que a Lua. Enquanto a estação orbita a Terra a 340 km de altitude, nossa Lua o faz a quase 400 mil km, ou seja, quase 1200 vezes mais longe!


Fotos: no topo, emoldurada pelo azul e branco da Terra, a nave Endeavour se aproxima da Estação Espacial Endeavour, em março de 2008. Nesta imagem o módulo Leonardo pode ser visto no interior do lado direito do compartimento de cargas. Crédito: Nasa. Acima, astrofoto mostra o complexo espacial transitando em frente ao disco lunar. Crédito: Ed Morana.

LEIA MAIS NOTÍCIAS
Base de Dados Completa

Se você precisa de uma base de dados de latitude e Longitude das cidades brasileiras, clique aqui.
Podemos fornecer uma base completa, com mais de 5500 cidades em formato Excel.
Ideal para Projetos, Desenvolvimentos e construção de aplicativos.














Termo de Uso  |   Links Úteis  |   Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019

"O homem tem de estabelecer um final para a guerra, senão a guerra irá estabelecer um final para a humanidade" - John Kennedy