Quarta-feira, 11 nov 2015 - 11h00
Por Rogério Leite

Enxame sísmico atinge a costa do Chile durante a madrugada

Uma série de terremotos de forte intensidade foi observada na costa chilena nesta madrugada de quarta-feira, dois deles com magnitude de 6,9. Todos os eventos ocorreram em alto mar e foram detectados pelo Apolo11 em São Paulo.

Grafico do sismografo Apolo11, instalado em Vila Mariana, SP, mostra como foi a chegada das ondas do terremoto no Chile, em novembro de 2015.
Gráfico do sismógrafo Apolo11, instalado em Vila Mariana, SP, mostra como foi a chegada das ondas do terremoto no Chile, em novembro de 2015.

A série de dez abalos teve início às 23h48 pelo horário de Brasília, quando um fraco tremor de 4,4 magnitudes foi detectado a 93 km do noroeste de Coquimbo, a cerca de 10 km de profundidade, sob o leito do oceano Pacífico.

Cerca de duas horas depois a terra voltou a tremer no mesmo lugar, desta vez sob influência de um forte terremoto de 6.9 magnitudes, que liberou a mesma energia que a explosão de 16 bombas atômicas similares à que destruiu Hiroshima, em 1945.

O poderoso tremor teve seu epicentro estimado a 10 km de profundidade, sob as coordenadas 29.44S e 72.17W.

Cinquenta minutos depois, outro terremoto com a mesma magnitude ocorreu na mesma região da fratura. Durante esses dois eventos, a região foi sacudida mais quatro vezes com abalos próximos a 5 magnitudes.

Mapa mostra a localizacao da serie de terremotos que atingiram o Chile em 11 de novembro de 2015
Mapa mostra a localização da série de terremotos que atingiram o Chile em 11 de novembro de 2015

Após o último sismo de 6.9, quatro aftershocks (réplicas) foram registrados nas vizinhanças, o maior com 5,1 magnitudes.

Explicação
Todos os eventos registrados ocorreram na interface entre as placas tectônicas de Nazca e sul-americana, onde a placa de Nazca mergulha abaixo da América do Sul. A convergência associada a esse processo de subducção é a responsável pela elevação da cordilheira dos Andes e pelos inúmeros processos de vulcanismos presentes na região.

De acordo com os últimos levantamentos, na região dos tremores a placa de Nazca se projeta abaixo da placa sul-americana à razão de 65 milímetros por ano, pressionando todo o continente na altura da costa chilena. Esse mesmo processo também foi o responsável pelo terremoto de 8.8 magnitudes ocorrido em Maule, além de inúmeros outros eventos de extrema magnitude.

LEIA MAIS NOTÍCIAS
Base de Dados Completa

Se você precisa de uma base de dados de latitude e Longitude das cidades brasileiras, clique aqui.
Podemos fornecer uma base completa, com mais de 5500 cidades em formato Excel.
Ideal para Projetos, Desenvolvimentos e construção de aplicativos.














Termo de Uso  |   Links Úteis  |   Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019

"O homem tem de estabelecer um final para a guerra, senão a guerra irá estabelecer um final para a humanidade" - John Kennedy