Segunda-feira, 15 fev 2016 - 08h25
Por Rogério Leite

Explosão em mancha solar deve atingir a Terra nas próximas horas

Na última quinta-feira, O satélite GOES detectou uma forte emissão de raios-X de classe M1 ao redor da mancha solar AR2497. Como consequência, bilhões de toneladas de partículas foram arremessadas ao espaço e atingirão a Terra nas próximas horas.

Ejecao de massa coronal ocorrida em 11 de fevereiro de 2016
Registro da ejeção de massa coronal ocorrida em 11 de fevereiro de 2016, feito pelo satélite de observação solar SOHO. Devido à sua aparência, o tipo de ejeção é chamado de halo parcial. As partículas foram disparadas a 1,3 milhão de km/h.

A explosão solar ocorreu às 19h00 de quinta-feira, dia 11, e de acordo com a modelagem feita instantes depois, disparou partículas altamente carregadas a mais de 1.3 milhão de km/h, a partir da região ativa AR2497, ainda voltada em direção à Terra (geoefetiva).

A ejeção de massa coronal deverá atingir a magnetosfera da Terra entre segunda-feira e terça-feira (15 e 16 de fevereiro) e provocar elevação substancial do Índice KP, que mede a instabilidade na ionosfera. A previsão é de que o índice chegue ao KP=6, provocando blecautes de radiopropagação e aumento no arrasto na atmosfera superior, o que pode exigir reorientação de satélites em orbita baixa.

Nas latitudes mais elevadas poderão ocorrer distúrbios nas redes de distribuição de energia e formação de auroras polares.

Acompanhe pelo Monitor Solar a chegada das partículas e suas consequências na Terra e no espaço.

LEIA MAIS NOTÍCIAS
Base de Dados Completa

Se você precisa de uma base de dados de latitude e Longitude das cidades brasileiras, clique aqui.
Podemos fornecer uma base completa, com mais de 5500 cidades em formato Excel.
Ideal para Projetos, Desenvolvimentos e construção de aplicativos.














Termo de Uso  |   Links Úteis  |   Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019

"Amargas são as lágrimas derramadas, mas ainda mais amargas são as que não se derramam" - Provérbio irlandês