Quarta-feira, 13 jun 2007 - 09h42

Falha na proteção térmica preocupa engenheiros da Nasa

Engenheiros do Centro de Controle da Missão, MCC, da Nasa, localizado em Houston, no Texas, concluíram que é grande o potencial de dano que pode ser causado pelo rompimento de uma das seções de manta térmica que recobre o ônibus espacial. Segundo o chefe da missão em Houston, John Shannon, 100% dos engenheiros classificaram como inaceitável o nível de segurança envolvido e determinaram que a missão seja estendida por mais dois dias, com a finalidade de consertar a peça danificada.

A cobertura térmica é o revestimento que envolve os ônibus espaciais e tem a finalidade de proteger a estrutura da nave do intenso calor gerado no momento da reentrada, causado pelo atrito com as altas camadas da atmosfera.

Shannon informou que os engenheiros não acreditam que o calor possa queimar a estrutura imediatamente abaixo da cobertura a ponto de colocar em risco a missão, mas não descartam a hipótese de ocorrerem danos que demandariam consertos demorados, atrasando ainda mais o programa de montagem da Estação Espacial Internacional, ISS.

Para este ano estão previstas mais três missões em direção à ISS.

Para efetuar o conserto à peça danificada, os astronautas deverão permanecer no espaço dois dias além do tempo programado, além de serem necessárias mais duas ou três atividades extraveiculares, EVA. Uma dessas atividades inclui prender um astronauta à extremidade do braço robótico da Atlantis para que possa efetuar os reparos na região traseira da nave.

Em 2003, uma ruptura em uma das peças de revestimento térmico foi a causa da tragédia da nave Columbia, que se incendiou ao reentrar na atmosfera terrestre.


Painéis Solares
Ontem, terça-feira, os astronautas também instalaram um novo conjunto de painéis solares a uma das extremidades da ISS, e que proporcionarão maior capacidade elétrica à estação.

Os painéis foram montados sobre os dois novos seguimentos de vigas S3/S4, levados a bordo da Atlantis e montados na última segunda-feira, antes da primeira EVA. EVA é a tradução para "atividade extraveicular". As atividades de desdobramento dos painéis foram feitas por etapas e começaram às 12h43. A face dianteira foi a primeira a ser desdobrada e às 14h58 ambos os painéis já estavam abertos. Juntos medem 76 metros de envergadura. Ao terminar a montagem do painel, o astronauta James Reilly confirmou que o trabalho estava completado e recebeu um "bom trabalho", do centro de controle.

Muito mais sobre o Ônibus Espacial

  • Apolochannel - Veja ao vivo a NASA TV
  • Atlantis acopla com sucesso na Estação Espacial Internacional
  • Após lançamento, Atlantis segue rumo à Estação Espacial
  • Com transmissão ao vivo, Atlantis parte hoje rumo à ISS
  • Conheça um pouco mais a missão STS-117 e seus tripulantes
  • Conheça a seqüência de lançamento dos ônibus espaciais
  • Vídeo da Nasa mostra momento de separação dos foguetes da Discovery
  • Rastreie agora a Estação Espacial Internacional ISS
  • Veja a ISS no céu com seus próprios olhos !

    Fotos: No topo, o astronauta Jim Reilly participa do primeiro passeio espacial da missão STS-117, em 11 de junho. Acima, o novo painél solar montado sobre as vigas S3/S0, instalado no dia 12 de junho. Créditos: NASA

  • LEIA MAIS NOTÍCIAS
    Base de Dados Completa

    Se você precisa de uma base de dados de latitude e Longitude das cidades brasileiras, clique aqui.
    Podemos fornecer uma base completa, com mais de 5500 cidades em formato Excel.
    Ideal para Projetos, Desenvolvimentos e construção de aplicativos.














    Termo de Uso  |   Links Úteis  |   Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

    Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019

    "A recordação da alegria não é mais alegria / enquanto a recordação da dor é dor ainda" - Byron