Sexta-feira, 10 nov 2006 - 08h14

Falha nos relógios pode antecipar lançamento da Discovey

Com receio de pane nos sistemas de data nos computadores da Discovery, a NASA, agência espacial americana, resolveu antecipar em uma semana o lançamento do ônibus espacial, inicialmente marcado para a segunda semana de dezembro.

Ontem, os engenheiros da NASA iniciaram o posicionamento da nave e transportaram o ônibus espacial Discovery para a plataforma de lançamento, de onde deverá ser lançado no próximo dia 6 de dezembro.

A estrutura, de 90 toneladas, foi levada do hangar até a plataforma 39B do Centro Espacial Kennedy durante a madrugada. A viagem, de seis quilômetros, levou 7 horas para ser completada.

A agência americana acha prudente que a nave Discovery retorne à Terra antes da virada do ano. Os técnicos estão cautelosos pois não sabem se os computadores responderão corretamente, durante o vôo, à transição de datas para o o ano seguinte. De acordo com o astronauta Joan Higginbotham, os computadores de bordo nunca estiveram ligados durante essa transição e não é possível saber exatamente se os sistemas vão operar corretamente.

O vice-presidente da Boeing, Steve Oswald, informou que caso a tripulação ainda esteja em órbita durante a virada do ano, será possível criar procedimentos para a correção de datas. A Boeing coordena diversas empresas envolvidas na construção dos subsistemas dos ônibus espaciais.

A missão
A missão, oficialmente chamada STS-116, é composta de 7 astronautas, entre eles o comandante Mark Polansky e o piloto William Oefelein, além do astronauta da Agência Espacial Européia, ESA, Christer Fuglesang, que deverá permanecer a bordo da ISS, integrando a Expedição 14.

Durante a permanência no espaço, os astronautas deverão realizar duas atividades extraveiculares, ou EVA, onde completarão a reestruturação dos sistemas de geração de energia do complexo espacial.

O lançamento da Discovery será o primeiro a ser feito durante à noite nos últimos quatro anos. Após o desastre do ônibus espacial Columbia, a NASA decidiu decolar os veículos somente durante o dia, permitindo que as diversas câmeras registrassem com luz diurna as diversas partes externas da nave, especialmente o gigantesco tanque de combustível.

Atualmente, a NASA acredita que o avanço na tecnologia em captação de imagens já permite as cenas possam ser registradas somente com a luz das chamas dos foguetes principais.

Fotos: A bordo do simulador da Discovery, os astronautas Polansky e Oefelein executam treinamento no Centro Espacial Johnson, no Texas. A segunda foto mostra os especialistas Robert Curbeam e Christer Fuglesang durante treinamento no gigantesco tanque de água, usado para simular as condições de ausência de gravidade.

Saiba quando a Estação Espacial Internacional e o telescópio Hubble poderão ser vistos a olho nú. Clique aqui!

LEIA MAIS NOTÍCIAS
Base de Dados Completa

Se você precisa de uma base de dados de latitude e Longitude das cidades brasileiras, clique aqui.
Podemos fornecer uma base completa, com mais de 5500 cidades em formato Excel.
Ideal para Projetos, Desenvolvimentos e construção de aplicativos.














Termo de Uso  |   Links Úteis  |   Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019

"O homem tem de estabelecer um final para a guerra, senão a guerra irá estabelecer um final para a humanidade" - John Kennedy