Sexta-feira, 4 mai 2007 - 09h05

Fim de semana tem chuva de meteoros. Aproveite!

O cometa Halley descreve uma volta ao redor do Sol a cada 76 anos e a última vez que se aproximou bastante da Terra foi no ano de 1986. Neste momento o cometa está bem distante de nós, além da órbita de Urano, mas a trilha de poeira gelada deixada por ele ainda pode ser vista. Isso acontece duas vezes por ano e ocorre quando nosso planeta cruza essas partículas.

Ao penetrar na alta atmosfera, os fragmentos se incandescem e produzem as chamadas chuvas de meteoros. Quando ocorrem no mês de maio, a chuva é chamada de Eta Aquarídea e quando acontece em outubro se chama Orionídea. Em ambos os casos as chuvas de meteoros são causadas pelas partículas deixadas pelo cometa Halley.

A chuva Eta Aquarídea desse final de semana terá seu pico máximo de meteoros no dia 6, na madrugada de sábado para domingo, mas alguns fragmentos já podem ser vistos a partir de hoje.

A Eta Aquarídea é uma chuva de meteoros tipicamente do hemisfério Sul, mas os moradores das latitudes acima do equador também podem vê-la. Em seu momento de pico podem ocorrer de 20 a 60 meteoros por hora.

Eta Aquarídea tem esse nome devido a uma estrela de quarta magnitude na constelação de Aquário, a Eta de Aquário, mas nada tem a ver com ela, exceto pelo fato de que o radiante da chuva parece surgir naquela constelação, próximo à estrela. Apesar de Eta de Aquario estar a mais de 184 anos-luz de distância e ser quarenta vezes mais brilhante que o Sol, a chuva Eta Aquarídea acontece a algumas dezenas de quilômetros de altitude.


Vendo a chuva
Apesar de serem esperados entre 20 e 60 meteoros por hora, não espere um espetáculo pirotécnico, principalmente nas grandes cidades e locais mais claros. Para dificultar ainda mais a visão dos meteoros outro fator promete atrapalhar os observadores noturnos: a presença da Lua cheia. Agindo como um farol em pleno céu, a Lua cheia prejudica em muito a visão dos bólidos. Mesmo assim vale a pena a contemplação do fenômeno.

Para ver a chuva durante a madrugada, localize a constelação de Aquario próximo ao ponto cardeal leste. Para isso utilize a carta mostrada no topo da página. A melhor maneira para se ver os meteoros é ir até um local escuro, sentar confortavelmente em uma cadeira reclinável e admirar o céu, relaxadamente. Como as noites estão mais frias, é aconselhável levar um cobertor. Os meteoros devem aparecer em qualquer local do céu, mas as trilhas deixadas por eles vão parecer apontar para Eta de Aquário.

Bom final de semana com muitos meteoros!

LEIA MAIS NOTÍCIAS
Base de Dados Completa

Se você precisa de uma base de dados de latitude e Longitude das cidades brasileiras, clique aqui.
Podemos fornecer uma base completa, com mais de 5500 cidades em formato Excel.
Ideal para Projetos, Desenvolvimentos e construção de aplicativos.














Termo de Uso  |   Links Úteis  |   Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019

"Os homens deveriam fazer com suas esperanças o que fazem com suas galinhas: cortar suas asas para que não possam fugir voando" - Lorde Halifax