Procure no Apolo11
Terça-feira, 8 mar 2011 - 23h59

Forte terremoto de 7.2 graus sacode costa leste de Honshu, no Japão

Dados recebidos da Rede Sismográfica Global (Iris-GSN) mostram um violento terremoto de 7.2 graus de magnitude ocorrido próximo à costa leste de Honshu, no Japão as 23h45 pelo horário de Brasília (08/03/2011). O poderoso tremor teve seu epicentro estimado a 10 km de profundidade, sob as coordenadas 38.30N e 143.30E, cerca de 170 km a leste de Sendai e 420 km da capital Tóquio.

Considerando a magnitude e a baixa profundidade em que ocorreu o evento, este tremor tem potencial suficiente para causar pesados danos e vítimas fatais caso tenha ocorrido abaixo de locais populosos, mas até o momento não houve registros.

O tremor foi sentido em diversas localidades japonesas. Na cidade de Myage o sismo foi sentido com bastante intensidade, mas de acordo com autoridades nipônicas, não causou danos na usina nuclear localizada nas proximidades da cidade.

Continua após a publicidade


Até às 07h30 (Hora de Brasília), oito horas depois do tremor, 16 aftershocks (abalos secundários disparados pelo evento proncipal) já haviam sido contabilizados. O mais intenso atingiu a magnitude de 5.7.

Um terremoto de 7.2 graus de magnitude libera a mesma energia que 47 bombas atômicas similares a que destruiu Hiroshima em 1945, ou a explosão de 946425 toneladas de TNT.

Importante: Esta notícia pode sofrer alterações ao longo do dia

LEIA MAIS NOTÍCIAS
Base de Dados Completa

Se você precisa de uma base de dados de latitude e Longitude das cidades brasileiras, clique aqui.
Podemos fornecer uma base completa, com mais de 5500 cidades em formato Excel.
Ideal para Projetos, Desenvolvimentos e construção de aplicativos.


Segunda-feira, 17 jun 2024 - 11h10


Termo de Uso  |   Links Úteis  |   Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2024

"A política é quase tão excitante quanto a guerra, e não menos perigosa. Na guerra só podemos morrer uma vez - na política várias" - Winston Churchill -