Quarta-feira, 29 ago 2012 - 08h20

Furacão Isaac atinge EUA com ventos de mais de 130 km/h

De acordo com o previsto, o furacão Isaac tocou ontem a costa sul dos EUA na altura do delta do rio Mississippi, castigando severamente a região norte do Golfo do México com intensos temporais e ventos superiores a 130 km/h. Pelo menos 200 mil casas estão sem energia elétrica.

Imagem de satélite furacão Isaac
Clique para ampliar

Isaac passou de tempestade tropical a furacão Categoria 1 na tarde de terça-feira, ao mesmo tempo em que rumava implacavelmente contra o pequeno distrito de Plaquemines Parish, no Estado da Louisiana. Entretanto, a grande precisão da previsão fornecida pelo Centro Nacional de Furacões, NHC, fez com que as autoridades locais evacuassem a área previamente.

A borda externa de Isaac tocou a costa norte do Golfo do México por volta das 16h00 (Hora local da Louisiana, 19h00 BRT), trazendo fortes temporais, chuva de granizo e ventos acompanhados de rajadas que chegaram a mais de 160 km/h.

Em Plaquemines Parish, a grande quantidade de chuva provocou o transbordamento de um dos diques de proteção o que resultou em forte enchente que atingiu até 4 metros em alguns pontos. De acordo com o Serviço Nacional de Meteorologia, o dique é mantido pela comunidade local não faz parte do sistema federal de proteção contra furacões.

Boletim
Imagens de satélites recebidas na manhã desta quarta-feira mostram que o centro do furacão Isaac se localiza estacionado próximo à latitude 29.2 N e longitude 90.5 W, aproximadamente a 95 km do sudoeste da região metropolitana de New Orleans. Segundo o NHC, esta região e as comunidades próximas irá provavelmente sofrer novas inundações devido ao forte volume de chuva esperado para as próximas 24 horas.

Em boletim divulgado as 06h00 BRT, o NHC informou que Isaac se move em sentido oeste-noroeste a 13 km/h, mas um ligeiro aumento nesta velocidade é esperado para hoje. Até o final da noite o centro da tormenta irá se deslocar sobre a Louisiana e na quinta-feira deverá atravessar o sul do Estado do Arkansas.

Neste momento Isaac sustenta ventos de 130 km/h, situando o furacão na categoria 1 da escala Saffir-Simpson que vai até 5. À medida que a tormenta se deslocar sobre o continente os ventos devem cair de intensidade, já que o motor que sustenta o furacão - a água quente - não estará mais presente.

No momento, a pressão barométrica estimada no centro do furacão é de 969 hPa (hectopascais) e deverá aumentar ao mesmo tempo em que Isaac perder força. De acordo com dados do NHC, a tormenta deverá ser rebaixada à categoria de depressão tropical na sexta-feira.


Arte: No topo, imagem de satélite mostra o furacão Isaac registrado pelo instrumento MODIS a bordo do satélite de sensoriamento remoto Terra, às 13h30 BRT de 28 de agosto de 2012. Acima, modelo de previsão mostra o possível caminho a ser tomado pela tormenta nos próximos 5 dias. Crédito: Nasa/Terra-Modis Team, NHC, Apolo11.com.

LEIA MAIS NOTÍCIAS
Base de Dados Completa

Se você precisa de uma base de dados de latitude e Longitude das cidades brasileiras, clique aqui.
Podemos fornecer uma base completa, com mais de 5500 cidades em formato Excel.
Ideal para Projetos, Desenvolvimentos e construção de aplicativos.














Termo de Uso  |   Links Úteis  |   Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019

"Ler é entrar num continente que já foi percorrido por uma quantidade de pessoas antes, mas que continua virgem, de uma certa maneira" - José Saramago