Procure no Apolo11
Segunda-feira, 22 ago 2022 - 09h09
Por Rogério Leite

Há 56 anos, NASA fazia a primeira foto da Terra vista da Lua

No dia 23 de agosto de 1966, a sonda Lunar Orbiter 1 registrou uma das mais emblemáticas fotos da Terra vista do espaço. No momento da foto a sonda orbitava a Lua a apenas 42 km de altitude e devido às restrições tecnológicas da época a imagem foi transmitida em baixa resolução, através de sistema de varredura lenta.

Feita em 23 de agosto de 1966 pelo orbitador Lunar Orbiter 1, a foto mostra o primeiro registro da Terra vista da Lua.<BR>
Feita em 23 de agosto de 1966 pelo orbitador Lunar Orbiter 1, a foto mostra o primeiro registro da Terra vista da Lua.

Embora seja uma foto de baixa resolução, a cena mostra claramente o solo lunar e metade do disco terrestre, onde podemos ver desde Istambul, na Turquia, até a Cidade do Cabo, na África do Sul.

Feita de uma distância de 380 mil km da Terra, esta foto foi feita com o objetivo de coletar informações topográficas que seriam usadas anos mais tarde no primeiro pouso na Lua.

FAX
Devido ao alto consumo de energia necessário para enviar uma foto nítida da Lua à Terra, a cena foi enviada através de um sistema conhecido como SSTV, ou Slow Scanning Television (Televisão de Varredura Lenta). Neste sistema a foto é escaneada lentamente no interior da espaçonave e cada ponto escaneado é codificado em 64 tons de cinza. Na sequencia, cada ponto é transformados em tons de áudio e enviados à Terra. Para remontar a foto, os sinais de áudio são transformados em tons de cinza através de um sistema de impressão. Esse sistema também é a base dos antigos aparelhos de fac-símile, ou FAX.

Restaurada 42 anos depois da cena registrada em 23 de agosto de 1966, a foto mostra uma riqueza enorme de detalhes, não observáveis na foto original.<BR>
Restaurada 42 anos depois da cena registrada em 23 de agosto de 1966, a foto mostra uma riqueza enorme de detalhes, não observáveis na foto original.

Imagens Restauradas
Utilizando modernas técnicas digitais, em 2008, a NASA realizou uma série de restaurações no acervo das imagens das cinco naves do programa Lunar Orbiter e conseguiu extrair dados bastante interessantes mascarados pelo ruído. O resultado foi impressionante e permitiu descobrir uma série detalhes que não estavam disponíveis nas imagens originais.

Ao todo foram restaurados mais de 1500 rolos de fita magnética, nas quais os tons de áudio eram armazenados na época.

LEIA MAIS NOTÍCIAS
Base de Dados Completa

Se você precisa de uma base de dados de latitude e Longitude das cidades brasileiras, clique aqui.
Podemos fornecer uma base completa, com mais de 5500 cidades em formato Excel.
Ideal para Projetos, Desenvolvimentos e construção de aplicativos.




Termo de Uso  |   Links Úteis  |   Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2023

"A arte é um sonho em que não há o que sonhar e em que tudo é real, até o sonho" - Jean-Louis Barrault -