ATENÇÃO
Ajude a manter GRÁTIS o conteúdo do Apolo11. Colabore conosco. Clique Aqui
Segunda-feira, 1 fev 2021 - 09h47
Por Rogério Leite

Halos: círculos coloridos ao redor do Sol e da Lua que ainda confundem muita gente

Halos são efeitos ópticos bastante comuns, mas que muitas vezes ainda são confundidos como anomalias causadas por alguma força estranha ou sobrenatural. Os halos podem surgir ao redor do Sol ou da Lua e são sempre maravilhosos. Mas afinal, o que causa os halos?

Nesta imagem, feita em janeiro de 2021, o fotógrafo Göran Strand registrou esse belo halo lunar nas cercanias de Östersund, na Suécia. Na cena é possível ver a paisagem repleta de gelo, marcada por árvores congeladas e pegadas de coelhos nativos. Crédito: NASA/APOD<BR>
Nesta imagem, feita em janeiro de 2021, o fotógrafo Göran Strand registrou esse belo halo lunar nas cercanias de Östersund, na Suécia. Na cena é possível ver a paisagem repleta de gelo, marcada por árvores congeladas e pegadas de coelhos nativos. Crédito: NASA/APOD

Na realidade, esses círculos luminosos que aparecem ao redor da Lua ou do Sol já se formavam muito antes do homem habitar as cavernas ou até mesmo antes que o primeiro dinossauro surgisse na Terra. São chamados halos lunares ou solares e sua formação é muito bem conhecida, não tendo nada de anormal, como podem pensar alguns.

Cristais de Gelo
Tanto o halo solar como o halo lunar se formam devido à presença de milhões de minúsculos cristais de gelo presentes na alta troposfera terrestre, que agem como verdadeiros prismas e espelhos em miniatura. Esses cristais de gelo, longos e hexagonais, permanecem flutuando praticamente alinhados pelas corrente de ventos que sopram em grandes altitudes.

Quando a luz da Lua ou do Sol atinge uma das faces do cristal e sai pela face oposta ocorre um fenômeno óptico chamado refração, que desvia parte dos raios de luz em um ângulo entre 22 e 50 graus. Esse desvio não é igual para todos os comprimentos de onda, sendo de 21.54 graus para a luz vermelha e 22.37 graus para a luz azul.

Cores do Halo
Apesar de ser pequena, essa variação no desvio da luz faz com que a borda interna do círculo formado pela refração seja vermelha enquanto a borda externa apresenta cor azulada. Como não há refração em ângulos inferiores a 22 graus, a área ao redor do Sol ou da Lua se torna escurecida ou opaca.

O halo de 22 graus é o mais comum dos fenômenos ópticos formados pela presença de cristais de gelo hexagonais na alta atmosfera. Entretanto, dependendo do shape do cristal, que pode ser mais alongado ou mais achatado, outros fenômenos similares podem ser vistos com padrões e formatos diferentes variando entre meio-círculos, colunas luminosas, faixas coloridas, etc.

LEIA MAIS NOTÍCIAS
Base de Dados Completa

Se você precisa de uma base de dados de latitude e Longitude das cidades brasileiras, clique aqui.
Podemos fornecer uma base completa, com mais de 5500 cidades em formato Excel.
Ideal para Projetos, Desenvolvimentos e construção de aplicativos.









Termo de Uso  |   Links Úteis  |   Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2021

O país real, esse é bom, revela os melhores instintos; mas o país oficial, esse é caricato e burlesco" - Machado de Assis -