Quarta-feira, 24 dez 2008 - 08h37

Imagem de satélite registra surgimento de novas manchas solares

Imagens recebidas nesta manhã e captadas pelo satélite de observação STEREO-B, da Nasa, mostram que um par de regiões ativas está emergindo do limbo do hemisfério sul da estrela. São imensas nuvens de gás quente sopradas do Sol e detectadas no espectro do ultravioleta extremo, provavelmente encobrindo um par de manchas solares ligeiramente abaixo das emissões.

Diferentemente do satélite Soho, que observa o Sol praticamente do mesmo ponto de vista da Terra, o satélite STEREO-B está estacionado sobre o limbo leste da estrela, assim pode registrar dados 3 dias antes que a rotação do Sol permita que sejam vistos ou registrados da Terra. Dessa forma, as imagens mostradas podem ser consideradas um preview do que será captado pelo Soho e mostrado em alguns dias.


STEREO A e B
A Missão STEREO (Solar Terrestrial Relations Observatory) consiste em um par de satélites de observação solar.
Um deles, STEREO-A, é posicionado ligeiramente antes do plano orbital da Terra em relação ao Sol (fica mais perto do Sol do que a Terra), mas adiantado em relação à posição da Terra em sua órbita. Seu irmão gêmeo, STEREO-B, fica situado em distância posterior ao plano orbital da Terra (foca mais longe do Sol), mas atrasado em relação à posição da Terra.

Essa diferença espacial faz os satélites verem o Sol a partir de dois ângulos diferentes, permitindo a observação de imagens estereográficas. Em outras palavras, a missão STEREO permite observar o Sol em três dimensões, capacitando os cientistas a estudarem a estrutura e evolução das tempestades solares de maneira mais próxima possível do real.

O ângulo formado entre o Sol e os dois satélites cria uma sensação de profundidade, exatamente como faz nosso par de olhos ao focar um objeto.


Artes: No topo, imagem da anomalia solar captada pelo satélite STEREO-B. Acima, diagrama mostra a posição dos satélites no dia 24 de dezembro de 2008. Observe que o satélite STEREO-B, em azul, está ligeiramente após o plano orbital da Terra enquanto STEREO-A, em vermelho, está mais próximo do Sol. Crédito: NASA/Goddard Space Flight Center.

LEIA MAIS NOTÍCIAS
Base de Dados Completa

Se você precisa de uma base de dados de latitude e Longitude das cidades brasileiras, clique aqui.
Podemos fornecer uma base completa, com mais de 5500 cidades em formato Excel.
Ideal para Projetos, Desenvolvimentos e construção de aplicativos.














Termo de Uso  |   Links Úteis  |   Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019

"O homem tem de estabelecer um final para a guerra, senão a guerra irá estabelecer um final para a humanidade" - John Kennedy