Segunda-feira, 16 set 2013 - 11h20
Por Rogério Leite

Lixo Espacial: satélite de 1200 kg deve cair na Terra em outubro

O satélite europeu GOCE está com seus dias contados e em pouco tempo deverá perder altitude e retornar à Terra na forma de uma chuva de fragmentos incandescentes. O sistema que o mantêm em órbita está praticamente esgotado e a reentrada não pode ser controlada.

Satelite Goce

GOCE foi lançado em março de 2009 a partir do cosmódromo de Plesetsk, a 800 km ao norte de Moscou e teve como objetivo traçar um mapa de alta resolução do shape do globo terrestre em consequência das anomalias gravitacionais. Foram mais de quatro anos de missão e os dados gerados estão permitindo aos cientistas uma melhor compreensão sobre a ocorrência dos terremotos, vulcões e também da circulação oceânica.

Reentrada
Atualmente, GOCE circula a Terra em uma orbita muito baixa a 260 km de altitude e é mantido nesta posição graças à ejeção em altíssima velocidade de íons de xenônio

Posição do satélite GOCE sobre o Brasil
Clique para ampliar

Quatro anos após o lançamento, a reserva de 40 kg do gás está praticamente esgotada e entre setembro e novembro não terá mais condições de manter o satélite em órbita. Após esgotar o reservatório de xenônio, em poucos dias perderá altitude e a velocidade orbital não será mais capaz compensar a atração da gravidade e GOCE arderá em chamas na alta atmosfera da Terra.

O satélite mede seis metros de comprimento e pesa cerca de 1200 quilos. De acordo com a ESA, Agência Espacial Europeia, a maior parte dos fragmentos deverá ser consumida pelo fogo, mas entre 40 e 50 fragmentos sobreviverão ao calor e poderão cair na superfície.

Ainda é muito cedo para afirmar onde GOCE irá cair, mas a alta inclinação de sua órbita, de 96.6 graus, mostra que qualquer lugar da Terra poderá receber a chuva de fragmentos, inclusive o Brasil.

Neste momento, GOCE realiza 16.2 revoluções por dia ao redor da Terra, percorrendo cada volta em 89 minutos, a 27.939 km/h. Sua orbita é quase circular, na forma de uma elipse de 231 km x 219 km.


Rastreio e Reentrada
Você pode rastrear o GOCE e saber sua posição a qualquer momento. Basta utilizar nosso aplicativo SATVIEW, que entre outros dados lhe informa quando o satélite passará sobre sua cidade.
Além disso, quando estiver próximo à reentrada será possível monitorar o GOCE mais de perto, com informações mais atualizadas sobre os possíveis locais da queda dos fragmentos. Rastreie o GOCE

Olho no céu!

ERRATA
A estabilização da altitude GOCE não é feita por meio de interação magnética como apontamos no artigo original, mas por meio da ejeção de íons de xenônio. A GOCE tem 40 kg desse gás e é ele que está chegando ao fim.


Artes: No topo, concepção artística do satélite GOCE acima da superfície terrestre. Acima, tela do Satview mostra a passagem do satélite sobre território brasileiro às 19h40 de 16 de setembro de 2013. Créditos: ESA, Satview.org, Apolo11.com.

LEIA MAIS NOTÍCIAS
Base de Dados Completa

Se você precisa de uma base de dados de latitude e Longitude das cidades brasileiras, clique aqui.
Podemos fornecer uma base completa, com mais de 5500 cidades em formato Excel.
Ideal para Projetos, Desenvolvimentos e construção de aplicativos.














Termo de Uso  |   Links Úteis  |   Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019

"Existem velas que iluminam tudo, menos o próprio candelabro" - Hebbel