Terça-feira, 19 ago 2008 - 09h50

Magnífica desolação - 40 anos depois a frase ainda é atual

"Magnífica desolação!"

Com essa frase, pronunciada no dia 20 de julho de 1969, o astronauta americano Buzz Aldrin resumia a aparência da paisagem lunar, logo após pisar em sua superfície. E Buzz tinha razão. Para qualquer lugar que se olhasse, nada na paisagem árida da Lua lembrava um local animado. Apenas um deserto vazio e triste, sem vida. Uma magnífica desolação.

Solo marciano visto pela sonda Phoenix

Hoje em dia, quase 40 anos depois, as avançadas explorações no solo marciano já mostraram que o Planeta Vermelho em nada se parece com nosso satélite. Ao contrário.

As erosões verificadas nos canais e canions de sua superfície fazem supor sem provas concretas, que a água, vital para o desenvolvimento da vida como a conhecemos, também já correu de forma abundante pelos vales e planícies de Marte e em seus pólos já foi descoberta em forma de gelo.


Superfície Parecida
Mas, por mais que Marte se assemelhe à Terra, se um astronauta desembarcasse hoje em sua superfície também não teria dúvidas em exclamar: "Magnífica desolação"!

Esta imagem, feita pela sonda Phoenix Mars Lander no dia 14 de agosto de 2008, mostra uma superfície marciana muito parecida com a terrestre. A cena foi captada durante a manhã marciana e mostra uma tênue camada de água congelada, prestes a se vaporizar à medida que o Sol aquece a superfície.

No momento da foto o Sol estava a 22 graus de elevação acima do horizonte, aumentando o detalhamento dos polígonos, depressões e rochas presentes no local do pouso da sonda.

A cena foi captada em direção ao sudeste e em seu canto inferior direito podemos ver parte do painel solar direito. A pequena pedra vista em primeiro plano recebeu o nome de "Quadlings" enquanto a outra rocha, ligeiramente acima, foi batizada de "Winkies".

Nomes de pedras à parte, as explorações em Marte tem como objetivo principal determinar se há ou não vidas primitivas no Planeta Vermelho, além de determinar se algum dia houve condições para que existisse. Até agora, nada foi descoberto que pudesse afirmar tal fato. Em sua superfície apenas uma magnífica desolação.

Fotos: No topo, solo do local de pouso da sonda Phoenix Mars Lander, feita em 14 de agosto de 2008. Crédito: Universidade do Arizona, NASA/JPL. No detalhe, o astronauta Buzz Aldrin, segundo homem a pisar na Lua. Crédito: Universidade do Norte do Texas/Rick Stiles.

LEIA MAIS NOTÍCIAS
Base de Dados Completa

Se você precisa de uma base de dados de latitude e Longitude das cidades brasileiras, clique aqui.
Podemos fornecer uma base completa, com mais de 5500 cidades em formato Excel.
Ideal para Projetos, Desenvolvimentos e construção de aplicativos.














Termo de Uso  |   Links Úteis  |   Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019

"Os homens deveriam fazer com suas esperanças o que fazem com suas galinhas: cortar suas asas para que não possam fugir voando" - Lorde Halifax