Quarta-feira, 19 dez 2007 - 09h27

Marte se aproxima e Hubble faz a melhor foto do ano!

Utilizando sua câmera planetária de ângulo largo, o telescópio espacial Hubble fez a melhor imagem do planeta vermelho neste ano de 2007. O feito foi possível graças a grande aproximação de Marte, que no dia de ontem, 18 de dezembro, atingiu a menor distância dos últimos dois anos, ficando a apenas 88 milhões de quilômetros da Terra.

O momento de maior aproximação ocorreu exatamente às 23h45 UTC (21h45 pelo horário de Brasília) e permitiu aos diversos astrônomos de todo o mundo observar o planeta um pouco mais de perto.

Marte e Terra ficam mais próximos a cada 26 meses e essa periodicidade ocorre devido às diferenças de órbitas. A Terra gira ao redor do Sol duas vezes mais rápido que Marte, ultrapassando o Planeta Vermelho a cada dois anos aproximadamente. Como as órbitas são elípticas (não circulares), esse encontro não ocorre sempre à mesma distância. Em 2003, por exemplo, a aproximação entre os dois planetas foi quase 32 milhões maior que a deste ano (2007), resultando em imagens muito maiores.

A foto, mostrada acima, é o resultado de uma série de exposições realizadas durante 36 horas da máxima aproximação entre os dois objetos e revela interessantes detalhes da superfície marciana, já bem conhecidos dos antigos observadores. A resolução da imagem é de 21 quilômetros por pixel.

O grande padrão triangular do lado direito é Syrtis Major, enquanto a larga faixa horizontal à esquerda é Sinus Meridani. Foi nesta região que o jipe-robô Opportunity, da Nasa, pousou em janeiro de 2004. Na interseção entre esses dois acidentes geográficos se localiza a cratera Huygens, com 450 quilômetros de diâmetro. Ao sul da cratera está a bacia de impacto de Hellas, com 1760 quilômetros de diâmetro e quase 8 quilômetros de profundidade. Hellas foi formada há bilhões de anos, quando um asteróide colidiu com a superfície de Marte.

A imagem feita pelo telescópio Hubble mostra uma atmosfera livre de tempestades de areia, no entanto uma significante quantidade de nuvens pode ser vista próxima às regiões polares.

LEIA MAIS NOTÍCIAS
Base de Dados Completa

Se você precisa de uma base de dados de latitude e Longitude das cidades brasileiras, clique aqui.
Podemos fornecer uma base completa, com mais de 5500 cidades em formato Excel.
Ideal para Projetos, Desenvolvimentos e construção de aplicativos.














Termo de Uso  |   Links Úteis  |   Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019

"Existem velas que iluminam tudo, menos o próprio candelabro" - Hebbel