Quarta-feira, 26 nov 2008 - 10h21

Meteoro de 10 toneladas entra na atmosfera sobre o Canadá

A história pode parecer repetida, mas pela oitava vez este ano um asteróide de grandes proporções foi registrado ao se chocar contra a atmosfera terrestre acima do Canadá. As investigações apontam que o recente meteoro não era apenas mais um fragmento e sim uma gigantesca bola de fogo com mais de 10 toneladas.

Meteoro no Canadá

O choque do objeto contra a atmosfera foi presenciado por milhares de pessoas e ocorreu às 05h26 de 20 de novembro (2008) sobre as cidades de Alberta e Saskatchewan. Amadores com câmeras digitais e astrônomos com câmeras de céu completo capturaram a cena, formada por milhares de fragmentos incandescentes pontilhando o céu.

Estimativas mostram que a bola de fogo surgiu quando o asteróide estava a 80 km acima da divisa entre Lloydminster e Alberta/Saskatchewan, quando se fragmentou em uma série de explosões. De acordo com Peter Brown, pesquisador em física meteórica da universidade de Western Ontario, o objeto penetrou a atmosfera em um ângulo íngreme de 60 graus e foi observado durante cinco segundos, entre às 17:26:40 até 17:26:45. A maior explosão foi ouvida às 17:26:44.

Segundo Hildebrand Paris, pesquisador-chefe em ciências planetárias da universidade de Calgary, o clarão da bola de fogo atingiu o equivalente ao brilho produzido por lâmpadas de um bilhão de Watts e iluminou milhares de quilômetros quadrados em todas as direções, transformando a noite em dia.


Milhares de fragmentos
Hildebrand acredita que ao se fragmentar a rocha tenha produzido milhares de meteoritos maiores que 50 gramas e que podem ter atingido o solo. Segundo o pesquisador, a velocidade do objeto ao penetrar na atmosfera era de 14 km/s. Normalmente a velocidade atinge 20 km/s.

A energia do impacto foi calculada através da análise dos infra-sons registrados pelas estações de Brown e de acordo com o cientista atingiu o equivalente a 100 toneladas de TNT. "Pelos menos seis estações registraram a energia das explosões", afirmou. Infra-sons são freqüências muito baixas produzidas por explosões e podem se propagar por milhares de quilômetros.

De acordo com Brown, um asteróide dessas proporções só é detectado no Canadá a cada cinco anos. Este ano, apenas 10 bolas de fogo destas dimensões atingiram a Terra.


Artes: No topo, bola de fogo registrada no dia 20 de novembro de 2008 sobre as cidades de Alberta e Saskatchewan, no Canadá. Acima, vídeo mostra a entrada da bola de fogo na atmosfera terrestre. Créditos: Universidade de Alberta/Youtube.

LEIA MAIS NOTÍCIAS
Base de Dados Completa

Se você precisa de uma base de dados de latitude e Longitude das cidades brasileiras, clique aqui.
Podemos fornecer uma base completa, com mais de 5500 cidades em formato Excel.
Ideal para Projetos, Desenvolvimentos e construção de aplicativos.














Termo de Uso  |   Links Úteis  |   Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019

"Existem velas que iluminam tudo, menos o próprio candelabro" - Hebbel