Procure no Apolo11
Sexta-feira, 8 jun 2018 - 09h14
Por Rogério Leite

Mini reator de fusão nuclear alcança temperatura mais quente que o Sol

Uma companhia de energia do Reino Unido testou com sucesso um mini reator de fusão nuclear e conseguiu obter uma temperatura de 15 milhões de graus Celsius, o mesmo valor gerado no núcleo das estrelas como o nosso Sol.

Reator de Fusao Nuclear ST40
Reator de Fusão Nuclear ST40

Batizado de ST40, o reator de fusão tem o tamanho de uma Van escolar e foi construído pela empresa Tokamak Energy, baseada em Oxfordshire, no Reino Unido. De acordo com o comunicado, esse é o terceiro protótipo testado com sucesso e o primeiro a atingir essa temperatura. O objetivo é que até 2030 os mini reatores possam gerar energia comercialmente.

Além do tamanho realmente impressionante, já que plantas de fusão chegam a ocupar mais espaço que um campo de futebol, o ST40 teve um custo de desenvolvimento de apenas US$ 40 milhões, uma verdadeira pechincha para esse tipo de pesquisa.

Para chegar a essa temperatura o ST40 utiliza um processo conhecido como mistura e compressão, que libera a energia em forma de anéis de plasma, os quais colidem e produzem campos magnéticos que se travam mutuamente, um fenômeno conhecido como reconexão magnética.

Continua após a publicidade


Plasma confinado no interior do reator ST40
Plasma confinado no interior do reator ST40

Existem dois tipos principais de desenhos para reatores de fusão, ambos com o objetivo de trançar fortíssimos campos magnéticos com finalidade de confinar o plasma extremamente quente.

O ST40 faz isso moldado uma espécie de donut com auxílio de uma corrente grande, que retorce o plasma. O outro desenho, chamado Stellarator, tem a forma de um donut trançado para obter o mesmo efeito

Durante os testes, o ST40 conseguiu manter o plasma a 15 milhões de graus por 15 milisegundos, o que segundo a empresa é um número extremamente positivo. O recorde para esse tipo de fusão pertence ao National Fusion Research Institute (NFRI), da Coréia do Sul, com fusão sustentada de 300 milhões de graus Celsius durante 70 segundos

O objetivo da Tokamak Energy é sustentar fusão de 100 milhões de graus por 5 segundos até 2030 e produzir energia elétrica suficiente para abastecer pequenas cidades e escoar o restante para a malha de distribuição das concessionárias.

LEIA MAIS NOTÍCIAS
Base de Dados Completa

Se você precisa de uma base de dados de latitude e Longitude das cidades brasileiras, clique aqui.
Podemos fornecer uma base completa, com mais de 5500 cidades em formato Excel.
Ideal para Projetos, Desenvolvimentos e construção de aplicativos.




Termo de Uso  |   Links Úteis  |   Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2024

"Se Você tem de perguntar quanto custa, é por que não pode pagar" - J. P. Morgan -