Espaço - Ciências - Fenômenos Naturais
Segunda-feira, 22 out 2018 - 10h29
Por Rogério Leite

Não é fake news: China lançará a primeira Lua artificial até 2020

O anúncio do lançamento da Lua artificial foi feito por uma empresa de tecnologia chinesa. O objetivo é refletir a luz do Sol e iluminar diversas áreas e parques da cidade de Chengdu, no sudoeste do país.

Lua Artificial

De acordo com Wu Chunfeng, presidente da Chengdu Aerospace Science and Technology (CASC), a Lua artificial será lançada até o ano de 2020 e será até oito vezes mais brilhante que a Lua natural.

Segundo comunicado da CASP, a falsa lua, composta de uma esquadra de três módulos até 2022, orbitará a Terra a 500 km de altitude e deverá iluminar diversas áreas entre 3 e 25 km de diâmetro dentro da área de Chengdu, um polo econômico e cultural de 4.6 milhões de habitantes.

Pela altitude divulgada, a falsa lua terá uma orbita circular e não conseguirá iluminar constantemente a cidade, o que significa que as regiões receberão iluminação natural por cerca de 30 minutos por orbita, considerando que os três módulos passarão em sequencia sobre a cidade.

Essa não é a primeira vez que as agências espaciais tentam colocar grandes espelhos na orbita da Terra. A primeira vez foi em 1990, quando a agência espacial sovietica lançou um protótipo a partir da estação espacial MIR. O espelho,chamado Znamya 2, deveria iluminar partes das cidades do norte da Rússia, mas uma falha impediu que os painéis abrissem.







Termo de Uso  |   Links Úteis  |   Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019

"Nada contribui mais para a paz de espírito, como não ter opinião sobre coisa alguma" - Georg Lichtenberg