Quarta-feira, 2 fev 2011 - 10h52

Nasa divulga imagem de novos cometas do Sistema Solar

Lançado em dezembro de 2009 com o objetivo de mapear 99% do céu no espectro infravermelho, o explorador Wise, da Nasa, fez inúmeras descobertas de objetos celestes. Registrando o céu a cada 11 segundos, o satélite fez mais de 1.5 milhões de imagens e encontrou nada menos que 20 novos cometas vagando pelo Sistema Solar.

Telescópio Wise - 20 novos cometas descobertos
Clique para ampliar

Esta verdadeira legião cometária pode ser vista nesta imagem, divulgada esta semana pela agência espacial americana. A maior parte dos cometas retratados recebeu o sobrenome WISE (Wide-field Infrared Survey Explorer), com exceção de quatro objetos que já haviam sido descobertos anteriormente, mas até então eram considerados asteroides.

No entanto, as observações feitas pelo WISE mostraram que esses corpos não eram simples pedras ou rochas metálicas como no caso dos asteroides, mas sim bolas de gás e poeira congelada formadas ao redor de um núcleo, exatamente como os cometas.

Cauda
Normalmente, as pessoas associam os cometas às populares imagens do Halley ou Hale-Bopp, com gigantescas caudas brilhantes cruzando o céu. Essa cauda se forma à medida que o objeto se aproxima do Sol, que aquece o gelo do cometa e o transforma em gás, que vaza para o espaço junto com partículas de poeira congelada. Essa mistura de gás e poeira cria uma névoa ao redor do núcleo, chamada coma, que pela ação do vento solar é soprada para bem longe formando uma enorme cauda de milhões de quilômetros.

Poeira
O ruído de fundo visto nas cenas são flutuações aleatórias no espectro infravermelho, causadas principalmente pela poeira existente no próprio Sistema Solar. Devido ao tratamento das imagens, combinadas inúmeras vezes em um método chamado empilhamento, as estrelas são suprimidas. Isso permite gerar uma única cena de alta resolução com o objeto principal centralizado e livre de interferências.

As cores mostradas também não são reais e foram adicionadas para destacar os diversos comprimentos de onda registrados. Assim, a cor azul corresponde a 4.6 mícrons, o verde a 12 mícrons e o vermelho a 22 mícrons. A luz captada é diretamente proporcional à temperatura. Nas cenas, áreas frias aparecem em vermelho enquanto áreas mais quentes aparecem em azul.


Foto: Mosaico de cometa descobertos pelo telescópio espacial Wise. Os nomes dos cometas são dados pelo Centro de Planetas menores da União Astronômica Internacional e representam as circunstâncias em que foram descobertos. Da esquerda para a direita, de cima para baixo, temos: 237P/LINEAR (2002 LN13), 233P/La Sagra (2009 WJ50), P/2009 WX51 (Catalina), P/2010 B2 (WISE), P/2010 D1 (WISE), P/2010 D2 (WISE), C/2010 D3 (WISE), C/2010 D4 (WISE), C/2010 DG56 (WISE), C/2010 E3 (WISE), C/2010 FB87 (WISE-Garradd), C/2010 G3 (WISE), C/2010 J4 (WISE), P/2010 K2 (WISE), C/2010 KW7 (WISE), 237P/LINEAR (2010 L2), C/2010 L4 (WISE), C/2010 L5 (WISE), P/2010 N1 (WISE) e P/2010 P4 (WISE). Crédito: NASA/JPL-Caltech/UCLA /Apolo11.com.

LEIA MAIS NOTÍCIAS
Base de Dados Completa

Se você precisa de uma base de dados de latitude e Longitude das cidades brasileiras, clique aqui.
Podemos fornecer uma base completa, com mais de 5500 cidades em formato Excel.
Ideal para Projetos, Desenvolvimentos e construção de aplicativos.














Termo de Uso  |   Links Úteis  |   Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019

"Se os outros desistem da aposta todas as vezes que em que você tem uma boa mão, é porque está escondendo o jogo" - Curtis Jonhson