Quarta-feira, 5 out 2011 - 11h22

Nem Elenin, nem Garradd. Aí vem o cometa C/2011 Panstarrs!

Se você já está perdendo a paciência com tantas notícias de cometas, mas que só podem ser vistos através de telescópios ou bolas de cristal, essa notícia é bastante animadora. Um novo cometa, descoberto em junho de 2011 promete ser a nova sensação das noites futuras. E o melhor de tudo, poderá ser visto a olho nu!

Cometa C/2011 Panstarrs
Clique para ver a animação das imagens

Batizado de C/2011 L4 Panstarrs, o novo cometa foi descoberto em 5 de junho de 2011 pela equipe do telescópio Panstarrs-1, de 1800 milímetros, localizado no Havaí. Algumas horas depois de detectado, o objeto também foi localizado pelo observatório franco-canadense de Mauna Kea, também no Havaí.

Quando foi descoberto, C/2011 L4 Panstarrs se localizava muito além da órbita de Júpiter, a 1.4 bilhões de km do Sol. Seu brilho foi calculado em 18.5 magnitudes, cerca de 100 mil vezes mais fraco que o limite de detecção da visão humana.

As primeiras observações mostram que o cometa tem uma órbita altamente inclinada e em março de 2013 já poderá ser visto no quadrante oeste logo após o ocaso, mas os últimos raios solares deverão interferir na observação. Estimativas conservadoras mostram que C/2011 L4 Panstarrs deverá atingir a magnitude 1, similar à de muitas estrelas visíveis no céu noturno. De acordo com o Laboratório de Propulsão a jato da Nasa, JPL, o brilho poderá ser ainda maior, com magnitude negativa de meio ponto.

A órbita de C/2011 L4 Panstarrs foi determinada pela primeira vez em 8 de junho de 2011 (2 dias após sua descoberta), depois que o astrônomo G. V. Williams analisou 34 posições do objeto registradas pela poderosa câmera de 1.4 gigapixels anexada ao Panstarrs-1. Inicialmente, a única estimativa foi sobre os valores do periélio em 2013, mas revisões posteriores já mostravam uma órbita bastante peculiar, apontando para a possibilidade de um cometa bastante brilhante.

No momento, C/2011 L4 Panstarrs se encontra a 1.2 bilhões de km do Sol e em março de 2013 atingirá o periélio, quando a menor distância até a estrela será de apenas 45 milhões de quilômetros, já inserido dentro da órbita de Mercúrio. É esperar e conferir!


Foto: Imagem do cometa C/2011 L4 Panstarrs registrado através de uma série de imagens feitas pelo telescópio Pan-STARRS 1 em 6 de junho de 2011. Credito Henry Hsieh, PS1SC, Apolo11.com.

LEIA MAIS NOTÍCIAS
Base de Dados Completa

Se você precisa de uma base de dados de latitude e Longitude das cidades brasileiras, clique aqui.
Podemos fornecer uma base completa, com mais de 5500 cidades em formato Excel.
Ideal para Projetos, Desenvolvimentos e construção de aplicativos.














Termo de Uso  |   Links Úteis  |   Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019

"O homem tem de estabelecer um final para a guerra, senão a guerra irá estabelecer um final para a humanidade" - John Kennedy