Terça-feira, 23 set 2008 - 11h06

Noite especial: Hoje Júpiter terá cinco luas!

O primeiro objeto celeste para o qual uma pessoa aponta pela primeira vez um telescópio, quase sempre é a Lua. E nem poderia ser diferente. Ver nosso satélite bem de perto e explorá-lo com maior profundidade é uma tentação irresistível. Passado o primeiro impulso, o segundo astro a ser explorado é Júpiter.

Júpiter

Essa seqüência é praticamente a mesma pra qualquer pessoa e foi assim também com Galileu, no início do século 17. Ao apontar pela primeira vez sua luneta para Júpiter, o estudioso italiano descobriu que quatro satélites orbitavam o planeta. A descoberta de Galileu foi tão revolucionária que mudou definitivamente a visão que se tinha até então do Sistema Solar. Outros planetas tinham luas!

Mesmo sendo muito fácil confundir quem é quem, com o uso de uma pequena luneta é possível ver com bastante facilidade as quatro principais luas de Júpiter, também chamadas galileanas: Io, Calisto, Ganimedes e Europa. Vê-las se mover ao redor do gigante gasoso e estudar suas órbitas diariamente é uma atividade científica e interessante e se puder fazê-la só terá a aprender!

No entanto, hoje é uma noite especial e se esta for sua primeira tentativa de observar Júpiter, se prepare. As aparências enganam e uma quinta lua será visível próximo ao gigantesco planeta, tornando tudo muito confuso e enigmático.

Ilusão
Na realidade, não se trata de uma quinta grande lua jupteriana, que ninguém havia descoberto até hoje. Nem é um objeto não identificado como podem supor os mais afoitos. A quinta lua de Júpiter é na realidade uma estrela de magnitude 6, invisível a vista desarmada, que estará a poucos segundos de arco do planeta, criando a ilusão de que se trata de mais uma lua a orbitar o planeta.

A estrela em questão é SAO 187468, da constelação de Sagitário e que se localiza a mais de 890 anos-luz de distância, aproximadamente 8 quatrilhões de quilômetros. Júpiter, atualmente a 750 milhões de quilômetros, parece estar na esquina. Como explicado, a estrela é invisível à vista desarmada, mas bem visível com uma pequena luneta.

Os satélites
Até o presente momento (set/2008) foram contados 63 satélites orbitando Júpiter, mas as maiores luas são as quatro citadas.

Io é ligeiramente maior que nossa Lua e é a quarta maior lua do sistema solar, logo depois de Ganimedes, Titã e Calisto. Io tem aproximadamente 3660 km de diâmetro e leva 1.7 dias para dar uma volta ao redor de Júpiter.

Europa, a menor das grandes luas, tem 3121 km de diâmetro e precisa de 3.55 dias para completar sua órbita.

Ganimedes, a maior das luas jupterianas, mede 5264 km de diâmetro e demora 7.1 dias para completar uma revolução.

Calisto é a que tem o maior período orbital, precisando de 16.7 dias para realizar uma volta completa ao redor de Júpiter. Calisto mede 4820 km de diâmetro.

Júpiter, o maior planeta do Sistema Solar, tem um diâmetro de 142 mil quilômetros. Seu movimento de rotação é o mais rápido de todos os planetas, completando uma volta sobre seu eixo em 9h55min. Algumas horas de observação permitem ver diversos aspectos do planeta, incluindo a "grande mancha vermelha", uma gigantesca tempestade duas vezes maior que a Terra, localizada em seu hemisfério sul.

Localizando
Normalmente, localizar Júpiter no firmamento é uma tarefa muito fácil. Atualmente o planeta se localiza praticamente no zênite (posição acima da cabeça) a partir das 20h00 e pode ser visto até aproximadamente à 01h00, quando lentamente se põe no Oeste.

Como você viu, esta é uma noite especial. Afinal, não é sempre que você verá uma falsa lua bem próxima de Júpiter. Se você tem uma pequena luneta ou telescópio, não deixe passar essa oportunidade. Se não tem, não deixe de apreciar Júpiter. Nunca se sabe o que se pode aprender. Bons céus!


Arte: Visão de Júpiter e seus quatro principais satélites, visto na noite de 23 de setembro de 2008, às 21h00. Crédito: Apolo11.

LEIA MAIS NOTÍCIAS
Base de Dados Completa

Se você precisa de uma base de dados de latitude e Longitude das cidades brasileiras, clique aqui.
Podemos fornecer uma base completa, com mais de 5500 cidades em formato Excel.
Ideal para Projetos, Desenvolvimentos e construção de aplicativos.














Termo de Uso  |   Links Úteis  |   Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019

"Amargas são as lágrimas derramadas, mas ainda mais amargas são as que não se derramam" - Provérbio irlandês