Quarta-feira, 25 fev 2015 - 11h37
Por Rogério Leite

Observação solar: o fantástico e misterioso cometa SOHO-2875

Atualização - 28 fev 2015A foto abaixo mostra o cometa C/2015 D1 praticamente desintegrado, em uma difícil captura feita a partir do observatório Bootes-1, na Espanha. A estrela mais brilhante vista na imagem é 77 Pegasus.

Cometa C/2015
Clique para ampliar




Observação solar: o fantástico e misterioso cometa SOHO-2875
Na última semana, um objeto muito luminoso e rápido cruzou o campo de visão do telescópio solar SOHO e quase mergulhou na atmosfera do Sol. Era um cometa diferente, não pertencia a nenhum grupo conhecido, mas pode se tornar visível nas próximas semanas.

Cometa SOHO-2875 C/2015 D1 (SOHO)
Clique para ampliar

Batizado provisoriamente de SOHO-2875, o cometa surgiu no campo de visão do telescópio LASCO C3 no dia 18 de fevereiro e durante três dias deu um verdadeiro show na frente das lentes.

SOHO-2875 apareceu pequeno e tímido no canto superior direito da imagem e a cada cena divulgada dava a impressão clara de que mergulharia no Sol, como acontece com a esmagadora maioria dos cometas da família Kreutz. No entanto, o objeto não se comportou como o esperado e para a surpresa de todos contornou o disco solar e ressurgiu ainda mais forte e brilhante após ser ofuscado pela estrela.

Para os especialistas, esse estranho cometa foi bastante interessante por duas razões. A primeira é que a rocha não parece pertencer ao grupo de cometas conhecido como família Kreutz, um agrupamento de fragmentos que se dispersaram no espaço após a ruptura de um cometa maior ocorrida há alguns séculos.

A segunda razão é que a maioria dos cometas descobertos pelo satélite SOHO e que chegam muito perto do Sol não sobrevivem à viagem e são vaporizados pelo intenso calor. Esses objetos são conhecidos por "sungrazers", pois parecem mergulhar no Sol.

Cálculos orbitais feitos pelo pesquisador Karl Battams, ligado ao observatório naval dos EUA, indicam que no momento de maior aproximação SOHO-2875 chegou a menos de 3.5 milhões de km do Sol, o que pode indicar que se trata de uma rocha bastante maciça.

Na segunda-feira, a União Astronômica Internacional, através do site Minor Planet center, oficializou a descoberta de SOHO-2875, que passou a ser chamado oficialmente de C/2015 D1 (SOHO).

Após cruzar o campo de visão do telescópio, SOHO-2875 seguiu viagem e se afastou bastante do Sol. Isso significa que dentro de alguns dias já poderá estar ao alcance de telescópios terrestre situados no hemisfério norte do planeta.



Artes: no topo, imagem em alta resolução do satélite SOHO mostra o cometa SOHO-2875 durante passagem à frente do coronógrafo, ao mesmo tempo que uma gigantesca ejeção de massa coronal é observada na face oposta do Sol. Acima, vídeo mostra toda a passagem do cometa na frente das lentes do telescópio. Créditos: SOHO, Apolo11.com.

LEIA MAIS NOTÍCIAS
Base de Dados Completa

Se você precisa de uma base de dados de latitude e Longitude das cidades brasileiras, clique aqui.
Podemos fornecer uma base completa, com mais de 5500 cidades em formato Excel.
Ideal para Projetos, Desenvolvimentos e construção de aplicativos.














Termo de Uso  |   Links Úteis  |   Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019

"Existem velas que iluminam tudo, menos o próprio candelabro" - Hebbel