Quinta-feira, 18 out 2007 - 11h08

Prepare-se: A internet vai para o espaço!

Que a internet é uma das maiores invenções dos últimos anos, ninguém duvida. Em segundos, informações são trocadas entre diversas partes do mundo e é praticamente impossível de se viver em um ambiente moderno sem ela. Até quem não a usa acaba se beneficiando dela indiretamente. Em pouco mais de 15 anos a rede mundial de computadores se expandiu tanto que atualmente está presente em praticamente qualquer local do planeta.

Mas os domínios da Internet devem se expandir ainda mais e já se cogita em levar a rede para fora da Terra. É isso mesmo: a internet vai para o espaço!

A idéia é desenvolver a chamada internet interplanetária, permitindo que as pessoas possam acessar informações e controlar experimentos que estejam em qualquer local no sistema solar.

Vinton Cerf, um dos autores do projeto, diz que a expansão da rede dentro do sistema solar deverá ser feita através de novas regras de telecomunicações. Segundo Cerf, ele e outros especialistas já estão trabalhando em um conjunto de padrões que nortearão a chamada Era Espacial Internet.

"Finalmente, a internet poderá nos levar onde nenhuma rede jamais esteve", disse Cerf durante o Fórum Anual de Telecomunicações, realizado em Seul, na Coréia do Sul.


Profundo conhecedor
E de rede de computadores Cerf já provou que entende da coisa: Ele é simplesmente o vice-presidente da Google, que está trabalhando no ambicioso projeto em conjunto com o JPL, laboratório de Propulsão a jato, da Nasa. Em outras palavras, a Google quer conquistar o espaço!

Os engenheiros da Nasa são as peças fundamentais do projeto de Cerf. Segundo ele, as regras e padrões deverão estar prontos em três anos. Cerf explicou que os novos padrões são necessários, já que as distâncias envolvidas são muito grandes, causando fortes retardos nos sinais. Esses retardos devem ser corrigidos de maneira diferente da que é feita atualmente na Terra.

Da mesma maneira que na Terra, no espaço também deverão ser usados backbones, garantindo robustez e redundância entre as comunicações entre a Terra e os sistemas robóticos e missões tripuladas.

Cerf, juntamente com Robert Kahn, são considerados os pais da internet moderna. Na última década a rede experimentou um crescimento de vinte vezes e atualmente o número de usuários já chega a 1.2 bilhão. "Em poucos anos toda a população da Terra terá acesso aos serviços da internet", disse Chef.


Projeto fundamental
Levar a internet ao espaço é fundamental para os planos das agências espaciais. Os experimentos poderão ser controlados de praticamente qualquer lugar do mundo e até mesmo de bases espaciais. A ida do Homem a Marte também fará uso intenso da rede, seja de forma científica ou de lazer, permitindo um contato contínuo dos exploradores com seus familiares e amigos. No campo educacional, levar a internet ao espaço significa ampliar a capacidade de pesquisa de escolas e universidades, já que atualmente os experimentos só podem ser comandados pelas poucas agências espaciais.

"As crianças poderão acompanhar e fazer as experiências espaciais dentro da sala de aula, em qualquer lugar do mundo", completou Cerf.

LEIA MAIS NOTÍCIAS
Base de Dados Completa

Se você precisa de uma base de dados de latitude e Longitude das cidades brasileiras, clique aqui.
Podemos fornecer uma base completa, com mais de 5500 cidades em formato Excel.
Ideal para Projetos, Desenvolvimentos e construção de aplicativos.














Termo de Uso  |   Links Úteis  |   Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019

"O homem tem de estabelecer um final para a guerra, senão a guerra irá estabelecer um final para a humanidade" - John Kennedy