Sexta-feira, 4 mai 2012 - 10h08

Prepare-se: Fim de semana tem Lua cheia. Muito cheia mesmo!

Se você acha que a Lua cheia é sempre igual, então prepare-se, pois a Lua cheia deste sábado terá algo de especial. Ela se parecerá bem maior que o de costume e apesar de não ser possível ver a marca da bota de Neil Armstrong deixada lá em 1969, o espetáculo é único e vale a pena dar uma olhada.

O motivo da Lua parecer maior neste sábado (e domingo também) não é nenhuma ilusão de ótica. Isso vai acontecer por que nosso satélite estará pelo menos 50 mil quilômetros mais perto de nós e dará a impressão de ser 15% maior que o normal. Com esse tamanho todo a Lua brilhará 30% mais forte.

Isso acontece porque a Lua não gira ao redor da Terra em um círculo perfeito e sim em uma elipse achatada, fazendo com que o astro ora fique mais perto, ora mais longe da Terra. A maior aproximação vai ocorrer às 23h33 pelo horário de Brasília e quando isso acontecer a Lua estará a exatos 356.955 km de distância da Terra, no chamado perigeu.

Se você não lembra, no ano passado a distância mínima foi ainda menor e o astro ficou a apenas 356.577 km do nosso planeta.

Da mesma forma que a órbita achatada da Lua a trás regularmente para perto de nós, no dia 28 de novembro ocorrerá exatamente o oposto. A Lua estará no apogeu e teremos a menor lua cheia do ano.


Marés
Durante o período de maior aproximação são observadas as conhecidas marés de perigeu, quando a atração gravitacional da Lua "puxa" as águas do oceano alguns centímetros a mais que o normal. Dependendo da geografia local esse efeito pode produzir elevações oceânicas que em alguns casos podem chegar a 15 centímetros, provocando algumas instabilidades. No entanto, nada disso causará transtornos, portanto não é preciso ficar preocupado e sair correndo!


Tamanho Aparente
Por razões ainda não perfeitamente compreendidas e explicadas por astrônomos ou neurocientistas, a Lua ou Sol quando vistos próximos ao horizonte e rodeados de árvores e prédios parecem maiores que o normal. A explicação mais comum é fato de não existir nenhuma referência que nos permita estimar distâncias quando olhamos para cima de nossas cabeças, uma vez que temos a ilusão de que a abóbada celeste não é uma semiesfera, mas uma calota achada no zênite.

Por outro lado, o céu no horizonte nos parece muito mais afastado. Quando olhamos para o horizonte nossos olhos contemplam os campos, bosques, montanhas, prédios e colinas e isso nos permite fazer comparações de distâncias e afastamentos, tornando os astros próximos ao horizonte aparentemente maiores. Essa ilusão é tão real que o próprio azul, nuvens, constelações, estrelas e planetas parecem incrustados na abóbada celeste.

Apesar de ser essa a explicação formal e também a mais aceita pelos pesquisadores, ela ainda é alvo de estudos por parte dos neurocientistas, que buscam compreender melhor como nosso cérebro funciona.


Observando
Apesar do momento da maior aproximação ser às 23h33 de sábado, o melhor momento para ver a grande Lua será quando ela estiver nascendo próxima do horizonte, quando um intrincado mecanismo ligado ao cérebro humano a fará parecer maior ainda. Esse fenômeno ainda não foi totalmente explicado pela ciência, mas acredita-se que esteja relacionado à forma como nosso cérebro compara os objetos no horizonte e na abóbada celeste.

Em São Paulo, a Lua Cheia nascerá às 17h13, próxima ao leste no azimute de 109 graus. Para saber quando nosso satélite surgirá no horizonte de sua cidade, é só usar nossa página de efemérides e escolher o local: Veja: Calendário Lunar

Se você tiver um binóculo, mesmo que pequeno, será uma boa oportunidade de explorar um pouco mais nosso satélite. Para isso, nós preparamos um mapa da Lua que vai ajudar bastante nessa tarefa: Veja: Mapa da Lua

Para saber por que a Lua cheia apresenta cor alaranjada ao nascer Clique aqui

Bons céus!


Artes: No topo, mosaico feito pelo astrônomo grego Anthony Ayiomamitis, onde compara o tamanho da Lua durante o perigeu e o apogeu. Acima, diagrama mostra a órbita da Lua ao redor da Terra. Crédito: Apolo11.com.

LEIA MAIS NOTÍCIAS
Base de Dados Completa

Se você precisa de uma base de dados de latitude e Longitude das cidades brasileiras, clique aqui.
Podemos fornecer uma base completa, com mais de 5500 cidades em formato Excel.
Ideal para Projetos, Desenvolvimentos e construção de aplicativos.














Termo de Uso  |   Links Úteis  |   Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019

"Amargas são as lágrimas derramadas, mas ainda mais amargas são as que não se derramam" - Provérbio irlandês