Quinta-feira, 3 nov 2011 - 10h20

Queima dos foguetes da sonda Phobos poderá será vista do Brasil

No próximo dia 8 de novembro, um evento muito raro e interessante poderá ser visto nos céus de grande parte do Brasil. Trata-se do acionamento dos foguetes propulsores que arremessarão a nave russa Phobos-Grunt rumo ao planeta vermelho.

Caminho da sonda Phobos durante inserção planetária
Clique para ampliar

Cerca de 2.5 horas após de ser lançada a partir do cosmódromo de Baikonur, no Cazaquistão, a sonda russa Phobos-Grunt (Solo de Fobos) acionará pela primeira vez os foguetes, que a colocarão em uma órbita elíptica de 250x4700 km ao redor da Terra. Para sorte de nós brasileiros e sul-americanos, esse evento vai ocorrer exatamente sobre o Brasil e poderá ser visto ao longo de uma grande parte do país.

Se tudo correr como planejado, o momento exato da ignição será às 20h55m47s, quando a sonda estiver exatamente sobre a região oeste do Paraná. Devido a altitude, o evento poderá ser visto e acompanhado em quase todo o território nacional e também na América do Sul. O tempo total de queima é de 10 minutos.

Aproximadamente 2 horas depois, às 23h02m48s será a vez da segunda queima dos foguetes, que colocarão a sonda rumo ao Planeta Vermelho. Desta vez o acionamento dos propulsores ocorrerá sobre o oceano Pacífico e será visível em todo o noroeste da costa da América do Sul, com visibilidade sobre toda a Região Amazônica. O tempo total de queima também será de 10 minutos.

Brilho
Não se sabe ao certo qual será o brilho produzido durante a queima. Alguns observadores estimam algo em torno de 3 e 5 magnitudes. Assim, observadores localizados em lugares afastados dos grandes centros urbanos e com céu limpo deverão ver o evento sem a necessidade de instrumentos. Em locais mais poluídos aconselhamos o uso de um pequeno binóculo, mas vale também tentar ver a olho nu.


Sonda Phobs-Grunt
Se tudo der certo, Phobos-Grunt será um marco na exploração espacial. A sonda deverá pousar na superfície da lua marciana Phobos, coletar amostras do solo e após algum tempo de estudo retornar à Terra com a preciosa carga. Essa será a primeira vez que uma nave terrestre regressará com material de outro sistema planetário.

A sonda já deveria ter partido em outubro de 2009 e atingido a órbita de Marte 11 meses depois. No entanto, com o objetivo de assegurar maior confiabilidade à missão os engenheiros russos adiaram a partida da Phobos-Grunt até a nova janela de lançamento, em novembro de 2011.

Durante o tempo em que permanecer na lua marciana o robô funcionará como uma estação observação geológica e meteorológica, com experimentos programados para coletar dados que servirão para ajudar a compreender a formação dos planetas do sistema solar.

Acompanhe
O lançamento está previsto para ocorrer às 20:16:03 UTC (18h16m03s pelo horário de Brasília) e os horários apresentados só são válidos se não houver mudança de horários.

Você pode acompanhar a posição da sonda Phobos-Grunt através do nosso aplicativo SatView, que vai plotar a posição da sonda a partir do momento do lançamento. Para que você saiba exatamente para onde olhar será preciso selecionar corretamente a cidade onde você está e em seguida utilizar a opção "Prev. 5 Dias", que lhe informará para onde olhar no momento em que os foguetes estão acionados (20h55m47s e 23h02m48s do dia 8 de novembro).

O aplicativo também possui um chat onde você poderá conversar com outros observadores e tirar dúvidas do uso do Satview.

Para acessar o SatView, clique aqui
Para saber mais sobre a missão Phobos-Grunt, clique aqui

LEIA MAIS NOTÍCIAS
Base de Dados Completa

Se você precisa de uma base de dados de latitude e Longitude das cidades brasileiras, clique aqui.
Podemos fornecer uma base completa, com mais de 5500 cidades em formato Excel.
Ideal para Projetos, Desenvolvimentos e construção de aplicativos.














Termo de Uso  |   Links Úteis  |   Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019

"Os homens deveriam fazer com suas esperanças o que fazem com suas galinhas: cortar suas asas para que não possam fugir voando" - Lorde Halifax