Sexta-feira, 12 set 2014 - 10h42
Por Rogério Leite

Satélite espião russo de 2.5 toneladas cairá no fim de semana

Atualização - 14 set 2014, 10h20Informações sobre a reentrada

O satélite russo Cosmos 1400 reentrou na atmosfera às 21h00 de sábado, alguns minutos antes de passar sobre o território brasileiro.

Reentrada do satélite cosmos 1400
Clique para ampliar

Se acordo com o USSTRACOM - Comando Estratégico dos EUA, o ponto aproximado da reentrada foi no Atlântico Sul, acima das ilhas Malvinas.

O momento da reentrada ocorru apenas 26 minutos depois daquele calculado pelo Satview.org, que previu o momento da queda às 20h34.

O Apolo11 agradece à BRAMON - Rede Brasileira de Observação de Meteoros - por ter reorientado sua rede de câmeras de alta sensibilidade na tentativa de detectar possíveis fragmentos sobre o céu do Brasil.



Atualização - 13 set 2014, 15h25
Previsão atualizada sobre a reentrada

Nova modelagem de reentrada orbital feita pelo Satview.org às 15h00 de sábado mostra que o satélite COSMOS 1400 atingirá o ponto crítico às 20h34 BRT de sábado, quando estiver orbitando acima do Mar da Noruega, a noroeste da Noruega/Suécia, sobre o Ártico.

Previsao de reentrada do satelite Cosmos 1400 - 4
Clique para ampliar

De acordo com a modelagem, o ponto de ruptura ocorrerá quando o satélite russo estiver a 142 km de altitude.

Boletim divulgado pelo Centro de Defesa Aérea dos EUA, USSTRATCOM, informa que a queda ocorrerá 1 órbita antes, às 19h08, sobre o oceano Índico, ao nordeste da Austrália.

Em breve teremos novo boletim.

Para rastrear o Cosmos 1400 use o site SATVIEW.ORG


Atualização - 13 set 2014, 11h23
Previsão atualizada sobre a reentrada

Previsão de reentrada feita pelo Satview.org nesta manhã de sábado mostra que o satélite COSMOS 1400 romperá a atmosfera da Terra às 16h39 BRT de sábado, quando estiver orbitando o Atlântico sul entre o continente antártico e o extremo sul da África.

Previsão de reentrada do satélite Cosmos 1400 - 3
Clique para ampliar

De acordo com a modelagem, o ponto de ruptura ocorrerá quando o satélite russo estiver a 146 km de altitude.

Em breve teremos novas previsões.

Para rastrear o Cosmos 1400 use o site SATVIEW.ORG


Atualização - 12 set 2014, 15h30
Previsão atualizada sobre a reentrada

Nova previsão de reentrada indica que o satélite COSMOS deverá romper a atmosfera da Terra às 21h29 BRT de sábado (00h29 UTC de domingo).

Previsão de reentrada do satélite Cosmos 1400
Clique para ampliar

De acordo com o modelo de previsão, o ponto de impacto ocorerá será acima do oceano Atlântico norte, alguns minutos após o Cosmos 1400 passar sobre o Brasil.



12 set 2014, 09h00
Satélite espião russo de 2.5 toneladas cairá no fim de semana
O satélite espião Cosmos 1400 está com as horas contadas e poderá cair na Terra nas primeiras horas deste sábado. O local exato do impacto ainda é incerto, mas a nave deverá cruzar parte do território brasileiro na noite de sexta-feira.

Previsão de reentrada do satélite Cosmos 1400
Clique para ampliar

Dados calculados pelo Satview.org mostram que a nave está perdendo altura rapidamente e se encontrava a 197 km de altitude na manhã de sexta-feira.

De acordo com os parâmetros informados no SATVIEW, Cosmos 1400 deverá reentrar às 08h11 UTC de sábado (05h11 pelo horário de Brasília) Leia atualização no topo da página quando estiver acima do oceano Pacífico Oriental, a caminho do Alasca, EUA. O erro da previsão é estimado em 5 horas, o equivalente a cerca de 2 orbitas antes ou depois do momento informado.

Devido ao grau de incerteza, além dos oceanos, algumas áreas continentais deverão manter atenção especial, principalmente o continente africano, Groenlândia e áreas vizinhas, Nova Zelândia, Alasca e também a costa oeste dos EUA. Essas localidades estão situadas dentro da margem de erro e poderão ser cruzadas pelo Cosmos 1400. Importante: Leia atualização no topo da página

Sobre o Brasil
Caso se confirme a queda do Cosmos 1400 para a madrugada ou início da manhã de sábado, deveremos ter a última passagem do artefato acima do Brasil na noite de sexta-feira, entre 21h30 e 22h00, quando o lixo espacial cruzará o sudeste e nordeste do país vindo do quadrante sul. Assim, a observação do céu neste horário é altamente recomendada.


Pasagem do satélite cosmos 1400 sobre o Brasil
Clique para ampliar

Satélite Espião
Cosmos 1400 foi lançado em 5 de agosto de 1982 a partir da base russa de Plesetsk e seu objetivo militar era interceptar e analisar as comunicações eletrônicas ocidentais, principalmente dos EUA.

Durante sua missão, manteve-se em orbita circular quase polar a 640 km de altitude e mesmo após encerrar as operações permaneceu nessa orbita por quase 30 anos, mas caindo lentamente em direção à Terra devido ao arrasto na alta atmosfera.


Previsão e Tempestades solares
Nos últimos meses a queda de Cosmos 1400 se acentuou fortemente e em março de 2014 o Apolo11-SATVIEW passaram a alertar sobre a possível reentrada do satélite, apontando a primeira quinzena de setembro como o instante mais provável, previsão que está sendo confirmada pelos modelos diariamente computados.

Nos últimos dois dias, no entanto, duas fortes ejeções de massa coronal foram observadas na face solar voltada para a Terra.

Essa intensa ejeção de partículas deverá atingir o planeta entre sexta-feira e domingo e fatalmente terão efeitos significativos na previsão de reentrada do cosmos 1400, uma vez que esse tipo de evento altera significativamente a densidade da alta atmosfera, aumentando ou diminuindo o arrasto exercido sobre os satélites em orbita.


Bola de Fogo
Devido à grande massa envolvida, de 2.5 toneladas, a maior parte do Cosmos 1400 deverá arder em uma grande bola de fogo durante sua passagem pela atmosfera, mas peças maiores e mais pesadas poderão sobreviver ao calor escaldante e chegar até a superfície.

O Apolo11 e Satview.org manterão vigilância constante sobre a reentrada de Cosmos 1400, seja através do rastreio do satélite ou por meio de boletins especiais.

Para rastrear o Cosmos 1400 e conhecer as datas previstas para reentrada, use o SATVIEW.ORG

LEIA MAIS NOTÍCIAS
Base de Dados Completa

Se você precisa de uma base de dados de latitude e Longitude das cidades brasileiras, clique aqui.
Podemos fornecer uma base completa, com mais de 5500 cidades em formato Excel.
Ideal para Projetos, Desenvolvimentos e construção de aplicativos.














Termo de Uso  |   Links Úteis  |   Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019

"O homem tem de estabelecer um final para a guerra, senão a guerra irá estabelecer um final para a humanidade" - John Kennedy