Espaço - Ciências - Fenômenos Naturais
Quinta-feira, 16 nov 2006 - 09h57
Por

Sequencia de terremotos faz terra tremer no Pacífico

Nas últimas 24 horas pelo menos 70 abalos sísmicos foram registrados na região das Ilhas Kuril, 1000 km ao norte do Japão.

O mais intenso ocorreu na manhã de ontem às 09h14 (Hora de Verão) e foi calculado por cientistas do Centro de Pesquisas Geológicas dos EUA, USGS em 8.3 graus Richter. O abalo foi tão intenso que diversos países banhados pelo Pacífico emitiram avisos de tsunamis, entre eles Japão e EUA.

No Japão era previsto que as ondas chegasse a mais de 2 metros de altura mas o que se verificou foi uma elevação anormal do nível do mar, de aproximadamente 40 centímetros.

Após o evento, que ocorreu a apenas 28.5 km abaixo do leito submarino, seguiram-se pelo menos 70 aftershocks (abalos secundários disparados pelo evento principal) , entre eles, 16 significativos.

Pela manhã outros eventos também foram verificados. Durante a madrugada um forte sismo, de 6.1 graus Richter foi registrado a leste das Ilhas Kuril, a 18 km de profundidade.


Tectônica local
O arquipélago das ilhas Kuril é formado por um arco de 45 ilhas vulcânicas

O mapa tectônico da região mostra que a placa eurasiana se move para o sudeste enquanto a placa do Pacífico se desloca em sentido noroeste. Os pequenos dentes mostrados no gráfico são símbolos que os geólogos usam para mostrar um bloco ou placa tectônica que é empurrado sobre ou abaixo da placa adjacente. No caso da região das ilhas Kuril, a placa do Pacífico, mais densa, se desloca por baixo da placa eurasiana. O resultado é o colapso da placa superior. Este processo é conhecido por subducção de placas.

Além dos terremotos, outra consequência direta deste processo é o vulcanismo. Os fluídos aprisionados na zona de mistura sofre a gigantesca pressão da placa do Pacífico. O aumento dessa pressão faz o magma, até então aprisionado, irromper acima da placa eurasiana, alimentando os vulcões do arquipélago.

Foto: Arquipélago russo das ilhas Kuril visto pelo ônibus espacial. As ilhas de Paramushir e Onekotan são vistas em primeiro plano.







Termo de Uso  |   Links Úteis  |   Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019

"O tempo é só o que nos separa da morte" - Ernest Hemingway