Sexta-feira, 14 set 2012 - 11h30

Show no céu: Lua crescente oculta Marte na próxima quarta-feira

Um dos mais belos espetáculos celestes ocorre durante as conjunções planetárias, quando dois ou mais objetos parecem se encontrar com poucos graus de separação entre eles. No entanto, são as ocultações que costumam roubar a cena, em um misto de movimentos mágicos e beleza ímpar.

Na quarta-feira, 19 de setembro, o céu será palco de um desses maravilhosos momentos. Neste dia, os movimentos combinados entre a Terra, Lua e Marte farão o Planeta Vermelho simplesmente desaparecer por 56 minutos atrás da Lua crescente, em um fenômeno astronômico raro chamado ocultação planetária.

No Brasil, a ocultação poderá ser vista entre às 18h20 e 19h38 (Horário de Brasília) em uma larga faixa que inclui as regiões Sul, Sudeste e grande parte do Centro-Oeste.

Devido ao horário do início do fenômeno ser próximo ao instante do pôr-do-Sol em algumas localidades, os melhores lugares para se observar a ocultação serão aqueles próximos à faixa leste do país. Na maioria desses pontos de observação a ocultação poderá ser vista na totalidade. Em outros, apenas a saída de Marte de trás do disco lunar poderá ser contemplada.

Na região Sudeste do país o fenômeno terá início quando a Lua ainda estiver cerca de 45 graus de elevação acima do horizonte, 30 minutos após o pôr-do-Sol, portanto ainda sob a tênue luz do ocaso. Mesmo assim, será possível ver o planeta Marte iniciar seu mergulho por trás do disco lunar.

Aproximadamente às 19h33, quando a Lua já estiver quase 10 graus mais baixa, o pontinho luminoso de Marte reaparecerá novamente por trás do lado brilhante Lua e às 19h38 já terá deixado totalmente a obstrução.

A ocultação de Marte pela Lua será um momento bastante oportuno para que os astrofotógrafos demonstrem suas aptidões, já que as magnitudes envolvidas (brilhos dos astros) são bastante distintas, exigindo configurações de câmeras diferentes para cada fase do evento.

Bons céus!


Artes: No topo, carta celeste mostra a configuração do céu no momento após a ocultação, coma Lua já bastante baixa no céu. Na sequência, simulação mostra a dinâmica do evento, com Marte aparentemente se escondendo por trás da Lua crescente. Créditos: Apolo11.com.

LEIA MAIS NOTÍCIAS
Base de Dados Completa

Se você precisa de uma base de dados de latitude e Longitude das cidades brasileiras, clique aqui.
Podemos fornecer uma base completa, com mais de 5500 cidades em formato Excel.
Ideal para Projetos, Desenvolvimentos e construção de aplicativos.














Termo de Uso  |   Links Úteis  |   Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019

"Os homens deveriam fazer com suas esperanças o que fazem com suas galinhas: cortar suas asas para que não possam fugir voando" - Lorde Halifax