Segunda-feira, 3 jan 2011 - 10h46

Telescópio Hubble registra esplendor de galáxia em Perseu

Situada a 230 milhões de anos-luz da Terra, no centro do gigantesco aglomerado de galáxias de Perseu, NGC 1275 é uma das maiores e mais próximas galáxias elípticas da vizinhança da Via Láctea. O objeto foi descoberto em 14 de Fevereiro de 1863 por Heinrich Louis d'Arrest e é uma verdadeira máquina de transferência de energia.

Galáxia NGC 1275
Clique para ampliar

Na cena, registrada pelo telescópio espacial Hubble entre julho e agosto de 2006, a galáxia revela uma intricada estrutura de filamentos. De aparência singela, esses filamentos são uma espécie de dutos que transportam hidrogênio no centro da galáxia. No interior desses tubos o gás é suspenso por fortes campos magnéticos.

Esse mecanismo é uma resposta ao processo que transfere a descomunal energia do buraco negro existente no interior da galáxia para o gás que circunda a vizinhança. Segundo os pesquisadores, esse transporte ocorre devido à formação de "bolhas de radiofrequência" que nascem da ionização do gás interestelar e produzem o intenso campo eletromagnético que impulsiona o gás pelos filamentos.


Foto: Galáxia NGC 1275. Crédito: NASA, ESA, and the Hubble Heritage (STScI/AURA)-ESA/Hubble Collaboration, Acknowledgment: A. Fabian (Institute of Astronomy, University of Cambridge, UK).

LEIA MAIS NOTÍCIAS
Base de Dados Completa

Se você precisa de uma base de dados de latitude e Longitude das cidades brasileiras, clique aqui.
Podemos fornecer uma base completa, com mais de 5500 cidades em formato Excel.
Ideal para Projetos, Desenvolvimentos e construção de aplicativos.














Termo de Uso  |   Links Úteis  |   Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019

"Quem não compreende um olhar, tampouco há de compreender uma longa explicação" - Provérbio Arabe