Espaço - Ciências - Fenômenos Naturais
Segunda-feira, 13 jun 2005 - 22h20
Por

Terremoto de 7.9 graus no Chile faz tremer prédios no Brasil

Terça-feira, 14 jun 2004, 06h40 - Últimos números divulgados pelo governo de Chile informa que pelo menos oito pessoas já morreram em consequência do violento terremoto que atingiu a região norte do país nesta segunda-feira, próximo à cidade andina de Iquique.

De acordo com fontes locais, a cidade ainda está sem energia elétrica e dezenas de casas desabaram.

Durante a madrugada diversos aftershocks (abalos secundários) com intensidade variando entre 4.2 e 4.8 graus Richter foram registrados na região.

Terremoto de 7.9 graus no Chile faz tremer prédios no Brasil

Segunda-feira, 13 jun 2004, 22h20 - Um violento terremoto, de 7.9 graus na escala Richter, ocorreu às 22h44 UTC (19h44 Hora de Brasília) desta segunda-feira, na região de Tarapaca, norte do Chile.

Segundo o governo chileno pelo menos uma pessoa morreu e dezenas de casas foram destruídas. O abalo foi tão intenso que moradores residentes em Brasília reportaram ter sentido o tremor nos prédios mais altos.

O epicentro do movimento telúrico ocorreu a 115 km a este-nordeste da cidade de Iquique de mais de 200 mil habitantes, e foi localizado a uma profundidade de 110 km, sob as coordenadas 19.903°S, 69.128°W.

O abalo pode ser sentido em diversos locais da região centro-oeste. "Por volta de 20:00 tive a impressão de que o prédio onde trabalho, na Esplanada dos Ministérios, estava balançando", disse Márcio Bittencourt, usuário do Apolo11.

Ainda de acordo com o ministério do interior Chileno, diversos pontos de Iquique estão sem energia elétrica.

Em São Paulo o abalo também pode ser sentido em diversas cidades, entre elas Campinas, São José do Rio Preto, Ribeirão Preto. Na capital, os bairros nas regiões mais altas, como Vila Madalena, Perdizes, Lapa e Pinheiros também sentiram o abalo, de acordo com o Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas da USP (IAG-USP).

Segundo o instituto da USP, este reflexo já foi registrado outras vezes em São Paulo e é sentido mais fortemente por pessoas que estejam em andares mais altos.

"Geralmente os sismos que ocorrem na região andina são refletidos aqui em São Paulo. Já registramos diversas ocorrências na av. Paulista",afirma Célia Fernandes, técnica do Instituto.







Termo de Uso  |   Links Úteis  |   Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019

"O tempo é só o que nos separa da morte" - Ernest Hemingway