Terça-feira, 3 abr 2007 - 10h38

Tremor das ilhas Salomão equivale a 80 mil bombas atômicas

Desde a tarde de domingo, pelo menos 38 tremores de terra foram registrados no arquipélago das ilhas Salomão, no Pacífico Ocidental. Os dois mais intensos, de 8.1 e 6.7 graus Richter provocaram o surgimento de grandes tsunamis que atingiram diversas ilhas da região, em especial a ilha de Gizo, a 41 km do epicentro.

De acordo com autoridades do arquipélago, à medida que as equipes de resgate chegam às ilhas mais isoladas, o número de mortos tende a crescer. Ontem a Cruz Vermelha havia contado 13 mortos, mas hoje esse número já atinge 27, a maior parte na ilha de Gizo. Na vizinha Papua Nova Guiné há relatos de 5 vítimas, mas esse número não foi confirmado.

Pelo menos 5 mil pessoas estão desabrigadas em toda a região. Não há alimentos e as comunicações estão seriamente prejudicadas devido à falta de energia elétrica nas áreas atingidas. O governo da Austrália, que também emitiu alertas de tsunamis para a costa leste, prometeu uma ajuda de 2 milhões de dólares, o eqüivalente a 4 milhões de reais para ajudar as vítimas. O primeiro-ministro neozelandês Phil Goff enviou ao local um avião militar C-130, repleto de mantimentos, água e medicamentos.

Mesmo sendo castigada por dezenas de aftershocks, com intensidade sempre maiores que 5 graus, o governo das Ilhas Salomão suspendeu os alertas de tsunamis e convocou as pessoas a voltarem às suas casas.


80 mil bombas atômicas
O evento que sacudiu as ilhas Salomão teve a mesma intensidade do terremoto que em 1906 matou mais de 700 pessoas e destrui a cidade de São Francisco, nos EUA. Estima-se que a energia liberada em um terremoto de 8.0 graus Richter seja de aproximadamente 1 bilhão de toneladas de TNT, o equivalente a 80 mil bombas iguais a que destruiu a cidade de Hiroshima, no Japão, durante a segunda guerra mundial e estimada em 12500 toneladas de TNT.

As simulações feitas em supercomputadores com os dados do tsunami de 2004, provocado por um evento de 9.3 graus Richter próximo à ilha de Sumatra, na Indonésia, mostraram que a energia liberada naquela ocasião atingiu a impressionante marca de 64 bilhões de toneladas de TNT, o equivalente a 5 milhões de bombas atômicas. A violência do terremoto foi tão intensa que a costa de Sumatra deslocou até 3 metros e o norte da ilha de Simelua se moveu dois metros.

Devido à grande proximidade da área do epicentro, ocorrido 10 km abaixo do leito submarino sob as coordenadas 8.453S e 156.956E, as ondas gigantes atingiram a ilha de Gizo poucos minutos depois do violento movimento tectônico. Considerando-se que a velocidade média de propagação das ondas oceânicas é de 800 quilômetros por hora, o tempo entre o terremoto e a chegada das ondas nas regiões costeiras foi de aproximadamente 5 minutos, o que dificultou a propagação de alertas.

Veja no Satmap:
Imagens de satélite e mapas da região do arquipélago das Ilhas Salomão

Gráfico: Com população estimada em mais de 550 mil pessoas, as ilhas Salomão são um arquipélago de mais de 200 ilhas localizadas ao nordeste da Austrália. A cadeia repousa na Bacia do Pacífico, em uma região conhecida como "Anel de fogo", um estreito arco de intensa atividade sísmica, que inclui a maioria dos vulcões em atividade na Terra.

Saiba mais sobre terremotos e propagação das ondas P. Clique aqui

LEIA MAIS NOTÍCIAS
Base de Dados Completa

Se você precisa de uma base de dados de latitude e Longitude das cidades brasileiras, clique aqui.
Podemos fornecer uma base completa, com mais de 5500 cidades em formato Excel.
Ideal para Projetos, Desenvolvimentos e construção de aplicativos.














Termo de Uso  |   Links Úteis  |   Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019

"Amargas são as lágrimas derramadas, mas ainda mais amargas são as que não se derramam" - Provérbio irlandês