Sexta-feira, 19 dez 2008 - 09h07

Veja os anéis de Saturno. Ou melhor: não veja!

Saturno é sem dúvida alguma o mais belo planeta do Sistema Solar. Visto através de telescópios, filmes ou fotografias o gigante gasoso impressiona sempre pela beleza de seus anéis, que tornam o planeta uma bela composição espacial. Mas os anéis de Saturno estão sumindo e o melhor momento para não vê-los é agora!

aneis de saturno

Mas muita calma nessa hora. Quando dizemos que os anéis de Saturno estão sumindo não quer dizer que não existirão mais. Eles continuarão lá por muito tempo ainda, mas algumas vezes eles desaparecem dando a impressão visual de que não existem. Mas tudo tem uma explicação.

Saturno completa uma volta ao redor do Sol a cada 30 anos e periodicamente aponta a borda dos seus anéis para a Terra. Isso acontece sempre a cada 14 e 15 anos e está começando a acontecer nesse momento. Em outras palavras, a cada revolução de Saturno em torno do Sol nosso planeta se aproxima duas vezes do plano dos anéis. Desse ponto de vista os enormes anéis se parecerem apenas como uma linha escura, que divide o planeta em dois hemisférios. Ou seja, estamos vendo os anéis a partir da borda.

À medida que a Terra e Saturno se movem, o ângulo de visão se torna menor fazendo os anéis se parecerem cada vez mais finos, até que no dia 4 de setembro de 2009 desaparecerão por completo. Infelizmente, neste dia o planeta estará visualmente colado ao Sol, o que impedirá a observação do fenômeno. O próximo alinhamento Terra-borda dos anéis ocorrerá somente em 2038, portanto o momento de não ver os anéis é agora, quando a Terra está cruzando o plano dos anéis.

Carta Celeste de 19 dezembro 2008

Encontrar Saturno no céu é uma tarefa bem fácil. O planeta nasce no horizonte leste aproximadamente à 01h30 e pode ser visto até que os primeiros raios de Sol ofusquem seu brilho. Hoje, por exemplo, estará bem junto à Lua o que torna a composição celeste ainda mais bela.

Apesar de brilhar bastante, com magnitude de 1.2, Saturno está bem longe de nós a cerca de 1.38 bilhões de quilômetros. Em setembro de 2009 estará mais longe ainda, a 1.56 bilhões de quilômetros. Portanto, se não quiser ver os anéis de Saturno, o momento é agora. Pegue seu telescópio, aponte para Saturno e não veja os anéis. Depois conte sua experiência para seus amigos e parentes e observe a reação deles!


Artes: No topo, mosaico criado pelo astrônomo Efrain Morales Rivera, de Aguadilla, Porto Rico. As fotos foram feitas com um telescópio de 12 polegadas e mostram a mudança da geometria dos anéis de Saturno ao longo dos últimos anos. Acima, carta celeste mostra a posição do astro à 01h30 do dia 19 de dezembro de 2008, momentos após seu surgimento no horizonte. Créditos: Efrain Morales Rivera/Apolo11.

LEIA MAIS NOTÍCIAS
Base de Dados Completa

Se você precisa de uma base de dados de latitude e Longitude das cidades brasileiras, clique aqui.
Podemos fornecer uma base completa, com mais de 5500 cidades em formato Excel.
Ideal para Projetos, Desenvolvimentos e construção de aplicativos.














Termo de Uso  |   Links Úteis  |   Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019

"O homem tem de estabelecer um final para a guerra, senão a guerra irá estabelecer um final para a humanidade" - John Kennedy