Sexta-feira, 12 mai 2006 - 08h30

Visível a olho nú, cometa 73/P se aproxima ao máximo da Terra

Viajando a mais de 50 mil km/h, os mais de 60 fragmentos do cometa 73P/Schwassmann-Wachmann 3 finalmente alcançaram a máxima aproximação da Terra. De hoje até o dia 16 de maio, pelo menos dois dos fragmentos poderão ser vistos com facilidade pelos interessados em observar o céu.

A imagem abaixo, feita pelos astrônomos brasileiros Gabriel Hickel, Wilton Dias e Cassio Barbosa, mostram o fragmento B visto através do telescópio de 1600 milímetros do Laboratório Nacional de Astrofísica, situado no Pico dos Dias, na cidade de Brasópolis, MG.

De acordo com os últimos dados orbitais recebidos, o fragmento C, deve atingir a maior proximidade hoje às 10h22 UTC (13h22 Hora de Brasília) enquanto o fragmento B atingirá a mesma condição neste domingo, às 06h41 UTC (09h41 Hora de Brasília).

Segundo dados observacionais, as magnitudes dos dois objetos maiores, B e C, situam-se ao redor de 3.5, o que sugere que podem ser vistos facilmente a olho nú em locais com baixa poluição luminosa e atmosférica. Com auxílio de binóculos ou telescópios, a observação dos fragmentos deve proporcionar uma excelente e magnífica visão do astro.

A imagem ao lado, também feitas pelos astrônomos brasileiros, mostra através de imagem térmica os diversos fragmentos originados do fragmento B.

Apesar do cometa se aproximar ao máximo de nosso planeta, não há nenhum risco de colisão. A distância que os fragmentos atingirão deverá ficar em 9 milhões de quilômetros, aproximadamente 30 vezes a distância entre a terra e a Lua.

Para ver o cometa, o interessado deve olhar em direção ao ponto cardeal Norte e localizar a constelação do Cisne (Cygnus). O astro poderá ser visto acima da constelação entre 3 e 6 horas da manhã, conforme mostra a carta celeste vista abaixo.


Schwassmann-Wachmann
O cometa 73/P tem um período orbital de 5.3 anos e foi descoberto no dia 2 de maio de 1930 pelos astrônomos Friedrich Carl Arnold Schwassmann (1870-1964) e Arno Arthur Wachmann (1902-1990), do Observatório Hamburg, na Alemanha, através da análise da exposição de chapas fotográficas, durante trabalhos de procura por planetas menores.


Saiba mais sobre o 73P
Mais brilhante, cometa 73/P pode ser visto a olho nú.
Cometa 73P se aproxima e pode ser visto durante a madrugada
Cometa se parte em 30 e se aproxima cada vez mais da Terra


Leia Também:

  • Meio Ambiente
  • MudançasClimáticas
  • EnergiasAlternativas
  • Invenções eDescobertas
  • Arqueologia
  • Curiosidades
  • Terremotos on-line
  • Terremotos
  • Aventuras
  • O Brasil no espaço
  • Ônibus Espacial Discovery
  • Matérias sobre a ISS
  • Rastreie a ISS
  • Conheça os planetas
  • Sobre o telescópio Hubble
  • Tecnologia e exploração espacial
  • Brasil no Espaco
  • Sonda Stardust
  • Exploração Plutão
  • Exploração a Saturno
  • Exploração a Marte
  • Exploraçãoa Júpiter
  • Notícias em Destaque

  • LEIA MAIS NOTÍCIAS
    Base de Dados Completa

    Se você precisa de uma base de dados de latitude e Longitude das cidades brasileiras, clique aqui.
    Podemos fornecer uma base completa, com mais de 5500 cidades em formato Excel.
    Ideal para Projetos, Desenvolvimentos e construção de aplicativos.














    Termo de Uso  |   Links Úteis  |   Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

    Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019

    "Existem velas que iluminam tudo, menos o próprio candelabro" - Hebbel