Quarta-feira, 02 jul 2008 - 18h15

Vulcão Llaima volta a entrar em erupção no Chile

O vulcão Llaima, localizado no sul do Chile, voltou a entrar em erupção na madrugada desta terça-feira (1), depois de permanecer inativo por seis meses, informou a Agência Nacional de Emergência (Onemi).

A eupção aconteceu por volta das 3h40, no horário local e lava expelida foi visível em várias localidades.

"O vulcão Llaima apresenta escorrimento de lava, que pode ser observado da Comuna de Vilcún e da cidade de San Patricio", afirmou um funcionário da Onemi. Vilcún fica a 85 km ao norte da cidade de Temuco e cerca de 700 km ao sul de Santiago.

Órgãos de emergência foram acionados e pelo menos 30 pessoas num raio de 15 km em volta da cratera, foram removidas de suas casas em áreas próximas a La Selva e Danubio.

A última atividade do vulcão Llaima foi no dia primeiro de janeiro de 2008, quando foram lançados grandes chamas e material sólido. O vulcão ficou ativo por dois dias e logo em seguida os moradores da região puderam voltar para casa.

O vulcão Llaima tem 3.125 metros de altura e está entre os mais ativos do Chile. O país é o segundo do mundo em quantidade de vulcões, com cerca de dois mil, ficando atrás apenas da Indonésia.

Vulcão Chaiten

Recentemente, em 2 de maio, o vulcão Chaiten entrou em erupção depois de milhares de anos adormecido. Na ocasião, a cidade próxima a Chaiten foi coberta por cinzas. Os trabalhos de remoção aconteceram numa raio de 50 km. A nuvem de cinza e gás foi surpreendente e chegou a 30 quilômetros de extensão, conseguindo alcançar até o território argentino.

LEIA MAIS NOTÍCIAS
Base de Dados Completa

Se você precisa de uma base de dados de latitude e Longitude das cidades brasileiras, clique aqui.
Podemos fornecer uma base completa, com mais de 5500 cidades em formato Excel.
Ideal para Projetos, Desenvolvimentos e construção de aplicativos.














Termo de Uso  |   Links Úteis  |   Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019

"Existem velas que iluminam tudo, menos o próprio candelabro" - Hebbel