Espaço - Ciências - Fenômenos Naturais
Compartilhe! 

Editoria: Fenômenos Naturais - Furacões
Segunda-feira, 28 ago 2006 - 07h48

Ernesto enfraquece mas ameaça Cuba e Flórida

Durante as últimas horas, o furacão Ernesto perdeu força e foi rebaixado à categoria de tempestade tropical.

Apesar de rebaixado, Ernesto deve provocar violentos temporais, alagamentos e deslizamentos em grande parte de Hispaniola e leste cubano.

Avisos de furacão estão em vigor ao sul da península da Flórida, desde Deerfield na costa sul e ao sul de chokoloskee, ao longo da costa oeste. Também estã sobre aviso todas as ilhas Keys, ao sul do estado americano e as ilhas Andros, nas Bahamas.

Toda a península sul do Haiti, próximo à fronteira com a República Dominicana estão sob alerta de furacão, assim como as províncias cubanas de Guantanamo, Santiago de Cuba, Granma, Holguin, Las Tunas e Camaguey.


Boletim
Em seu boletim número 15, divulgado às 06h00 (Hora de Brasília), o NHC - Centro Nacional de Furacões, dos EUA, informou que o centro da tempestade tropical Ernesto se localizava próximo à latitude 19.6 N e 75.4 W, aproximadamente a 70 km a sul-sudoeste de Guantanamo, um enclave norte-americano em Cuba.

Ernesto se move a 19 km/h em sentido noroeste e deve manter-se neste movimento pelas próximas 24 horas. Data tracks (rastreio) gerados em supercomputadores indicam que a tormenta deve atingir a costa sudeste de Cuba ainda nesta manhã e possivelmente atingir a costa norte ainda nesta noite ou terça-feira.

Os ventos máximos da tempestade situam-se em 85 km/h com violentas rajadas. Algum fortalecimento desse sistema é possível antes de Ernesto tocar terra firme nesta manhã. Um enfraquecimento deve ocorrer enquanto Ernesto estiver sobre Cuba.

A pressão barométrica estimada pelo NHC é de 1002 hPa.

Tudo sobre furacões e a Temporada de 2006. Imagens de satélite da região







Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2018
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"O homem é sábio quando procura a sabedoria. Quando pensa que a encontrou é burro." - Talmud