Espaço - Ciências - Fenômenos Naturais
Compartilhe! 

Editoria: Fenômenos Naturais - Furacões
Segunda-feira, 1 set 2008 - 08h31

Furacão Gustav atinge a costa da Louisiana, nos EUA

Sustentando ventos de 185 km, o olho do furacão Gustav, de categoria 3, tocou o extremo sul da costa da Louisiana na manhã desta segunda-feira. Imagens de satélite mostram que o diâmetro de Gustav também se ampliou nas últimas 12 horas e suas bordas externas chegam a 1500 km de diâmetro.

Imagem de satélite Furacão Gustav

Gustav deve passar a menos de 100 km a oeste de New Orleans, praticamente abandonada pelos habitantes, que temem severos prejuízos devido às inundações que podem ocorrer durante a passagem da tempestade. Gráficos de previsão de rumo mostram que Gustav deve cruzar as cidades de Morgan City e Lafayette, também no sul da Louisiana.

Avisos de tornado estão em vigor em toda a costa sul dos EUA, desde Corpus Christi, no Texas até Jacksonville, na costa leste da Flórida.

De acordo com o boletim 31, emitido às 06h00 pelo Centro nacional de Furacões, NHC, Gustav se localiza sobre as coordenadas 28.4 N e 89.5 W, a menos de 315 km a sudeste de Lafayette, onde deverá chegar antes do final do dia. Gustav se move em sentido noroeste a 26 km/h e deve manter essa direção pelas próximas 24 horas. Nessa dinâmica Gustav deve ultrapassar a costa da Louisiana ainda hoje.


Boletim
Os ventos máximos sustentados por Gustav atingem a marca de 185 km/h com rajadas ultrapassando 240 km/h. Gustav é um furacão de grandes proporções, com mais de 1500 km de diâmetro. Ventos com intensidade de furacão são registrados a 120 km desde o centro da tormenta, enquanto ventos com intensidade de tempestade tropical podem ser sentidos a mais de 250 km de distância.

Previsão de deslocamento Furacão Gustav

A pressão barométrica medida durante a madrugada por um avião caça-furacão era de 95.6 Pa (956 milibares).

À medida que o furacão adentrar o continente seus ventos deverão diminuir, já que o mecanismo necessário a manter o sistema em funcionamento, a água quente do mar, não estará mais presente.

Segundo a previsão do NHC, Gustav deve produzir surtos de tempestade de quase 5 metros de altura em locais próximos à costa da Louisiana. Surto de tempestade é a elevação instável da água do mar, sugada para cima pela baixa pressão do sistema. São esperados entre 200 e 500 mm de precipitação na costa da Louisiana, sul e oeste do Mississipi, Arkansas e nordeste do Texas.

Clique aqui e acompanhe o deslocamento do furacão

Artes: No topo, imagem feita pelo satélite GOES-10 mostra o furacão Gustav próximo ao extremo sul da Louisiana. Na seqüência, previsão de rumo para os próximos 5 dias. Créditos: GOES/NOAA/NHC.







Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2018
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"O segredo em negócios é saber alguma coisa que mais ninguém sabe." - Aristóteles Onassis