Espaço - Ciências - Fenômenos Naturais
Compartilhe! 

Editoria: Fenômenos Naturais - Furacões
Segunda-feira, 19 set 2005 - 06h38

Rita chegou e avança em direção à Flórida, Cuba e golfo do México

Conforme previsto pelos modelos numéricos, a depressão tropical 18 intensificou-se nas últimas 24 horas e transformou-se em mais uma tempestade tropical, desta vez batizada de Rita. De acordo com o NHC, Centro Nacional de Furacões, dos EUA, Rita deve ganhar força nas próximas 24 horas e atingir o status de furacão entre a península da Flórida e o norte de Cuba.

Diversos alertas já foram emitidos pelos países e ilhas da região e permanecem em efeito para as províncias de Villa Clara, Matanzas, Havana e Pinar del Rio, em Cuba. Nos Estados Unidos os alertas cobrem todo o extremo sul da Flórida, desde Ocean Reef até Dry Tortugas, incluindo a baía da Flórida.

Avisos de furacão também estão em efeito para a região noroeste das Bahamas.

Em seu aviso público número 6, emitido às 06h00 (Hora de Brasília), o NHC dava conta de que o centro da tempestade tropical Rita localizava-se sobre a latitude 22.7 N e 74.3 W, ou a 405 km a sudeste de Nassau e ao redor de 790 km a este-sudeste do extremo sudeste da Flórida.

Rita move-se em sentido oeste a 15 km/h. Um pequeno desvio em direção norte é esperado para as próximas 24 horas.

De acordo com os modelos numéricos, se manter esse rumo Rita deve atingir as águas quentes do golfo do México na terça-feira, e chegar o sudeste do Texas entre sábado e domingo.

Os ventos máximos sustentados durante 1 minuto atingem a marca de 95 km/h com fortes rajadas. Um fortalecimento deste sistema é esperado e Rita deve se tornar furacão nas próximas 24 horas.

Um avião de reconhecimento da NOAA - Administração Nacional Oceânica e Atmosférica - informou que pressão barométrica no centro da tormenta baixou para 998 hPa (hectoPascal).

Veja abaixo como se forma um furacão

Satélite ao vivo
Acompanhe as imagens atualizadas da região do golfo do México vistas através do satélite geoestacionário GOES-12.
Clique aqui !







Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2018
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"O homem tem de estabelecer um final para a guerra, senão a guerra irá estabelecer um final para a humanidade" - John Kennedy