Espaço - Ciências - Fenômenos Naturais
Compartilhe! 

Editoria: Fenômenos Naturais - Furacões
Terça-feira, 6 set 2005 - 08h46

Super-tufão Nabi chega ao Japão provocando enchentes e deslizamento

O violento super-tufão Nabi atingiu nesta terça-feira o sudoeste do Japão, provocando chuvas torrenciais e fortes ventos, causando enchentes e deslizamentos de terra, além de ter provocado a paralização do sistema de transporte e levado à retirada de mais de 100 mil pessoas de suas casas.

Segundo a rede de notícias NHK, um homem foi morto, 45 pessoas ficaram feridas e 17 estão desaparecidas.

O olho de Nabi tocou o continente por volta de 14h00 (02h00, horário de Brasília) em Isahaya, perto de Nagasaki, na ilha de Kyushu. A ilha é a terceira maior do país e abriga quase 13 milhões de pessoas, ou 10 por cento dos 130 milhões de habitantes do Japão.

Mais de 110 mil moradores de Kyushu e da ilha vizinha de Shikoku receberam ordens expressas de deixar suas casas, segundo a agência de notícias Kyodo. Outras 16 mil pessoas saíram de suas residências voluntariamente.

Após atingir o continente, os ventos enfraqueceram levemente, mas chegaram a atingir mais de 126 km/h no centro da tempestade, segundo informou a Agência Meteorológica do Japão.

No momento deste boletim (08h47 BRT), o tufão Nabi (borboleta, em coreano) movimenta-se rumo ao norte a uma velocidade de 30 km/h, mas de acordo com dados de rastreio previsto, deve virar para o leste, provocando mais chuvas e ventos no oeste do Japão e também em partes da Coréia do Sul, antes de alcançar a ilha japonesa de Hokkaido.

Modelos numéricos de previsão mostram que Nabi não deve atingir a China.


Veja as imagens de satélite







Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2018
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"Um tolo com instrução é um tolo maior que um com falta dela." - Benjamim Franklin