Espaço - Ciências - Fenômenos Naturais
Compartilhe! 

Editoria: Fenômenos Naturais - Furacões
Sexta-feira, 25 nov 2005 - 06h49

Tempestade tropical Delta pode virar furacão sobre o Atlântico

A tempestade tropical Delta, a vigésima-quinta da temporada de 2005, continua aumentando de intensidade sobre as águas cálidas do leste do Atlântico.

Os últimos modelos de previsão, mostrados abaixo, indicam que Delta ainda não ameaça terra firme, no entanto movimentos erráticos podem fazer a tempestade se aproximar perigosamente das ilhas portuguesas dos Açores.

Originado da depressão tropical 27, Delta se formou na tarde de quarta-feira, e sua formação quebra o recorde histórico de tempestades em uma única temporada.


BOLETIM
Em seu boletim número 6, emitido às 06h00 desta sexta-feira, o Centro nacional de Furacões dos EUA, NHC, informou que o centro da tempestade Delta se localiza sobre as coordenadas 23.7 N e 39.0 W, ou aproximadamente a 1955 km a sudoeste dos Açores.

Delta move-se lentamente em sentido norte a 9 km/h. Espera-se que as correntes de arrasto na região continuem fracas nas próximas 24 horas.

Os ventos máximos, sustentados durante 1 minuto chegam a 110 km/h com rajadas de 149 km/h. Isso coloca Delta no limiar de furacão categoria na escala Saffir-Simpson, que vai até 5. Um aumento na intensidade dos ventos pode ocorrer nas próximas horas.

Ventos com intensidade de tempestade tropical são registrados até a 300 quilômetros do centro do sistema. A pressão barométrica é de 980 hPa (hectopascais).

  • Conheça a escala Saffir-Simpson


    Veja abaixo como se forma um furacão

    Satélite ao vivo
    Acompanhe as imagens atualizadas da região do golfo do México vistas através do satélite geoestacionário GOES-12.
    Clique aqui !







  • Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2018
    Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

    "A gente só diz sim ou não no casamento e, ainda assim, às vezes erra." - Itamar Franco