Espaço - Ciências - Fenômenos Naturais
Compartilhe! 

Editoria: Fenômenos Naturais - Terremotos
Quarta-feira, 24 ago 2016 - 07h33

Terremoto de 6.2 atinge região central da Itália, a 150 km de Roma

Um forte terremoto de 6.2 magnitudes atingiu a região central da Itália, a cerca de 150 km de Roma. Segundo a imprensa local, ao menos 159 pessoas morreram. Este é o tremor mais forte a atingir a região desde o terremoto de L'Aquila, em 2009.

Mapa do terremoto de Norcia, Italia

O evento ocorreu à 01h36 UTC desta quarta-feira (22h36 pelo horário de Brasília e 02h36 pelo horário da Itália) e de acordo com registros sismográficos teve seu hipocentro situado a 10 km de profundidade, abaixo dos Montes Apeninos, sob as coordenadas 42.71 N e 13.17 W, a 10 km do sudeste da cidade de Norcia e 150 km do nordeste de Roma, entre as cidades de Perugia e Rieti.

Segundo a agência de notícias italiana "Ansa", já foram confirmadas 159 mortes região de Lazio e Marcas.

Como as construções da região são bastante frágeis, o número de vítimas poderá aumentar.

Um terremoto de 6.2 magnitudes libera energia equivalente a 30 mil toneladas de TNT, ou à detonação de 1.5 bomba atômica similar a que destruiu a cidade de Hiroxima, no Japão, em 1945.


Tectônica de Placas
O tremor atual ocorreu em consequência do deslocamento de uma falha rasa situada nos Montes Apeninos, uma grande cordilheira que parte do Golfo de Taranto, no sul da Itália, até o limite sul da bacia do Pó, no norte do país.

A região é geologicamente muito complexa, com diversas forças e movimentos agindo de forma bastante caótica.

Considerando a latitude e longitude do evento atual, o tremor ocorreu em consequência da subducção da placa tectônica africana abaixo da placa Eurasiana, que se move em sentido nordeste a uma taxa de 24 mm ao ano.


Estatística Sísmica
A região central dos Apeninos já sofreu vários terremotos significativos na história, entre eles o terremoto de L'Aquila, de 6.3 magnitudes, ocorrido em abril de 2009, a apenas 45 km de distância do terremoto atual. Na ocasião, 295 pessoas morreram e mais mil ficaram feridas.

Estatistica sismica do terremoto de Norcia, Italia

Desde 1979, foram registrado mais de 2 mil tremores em um raio de 700 km ao redor do epicentro. Em torno de 100 km foram observados 222 eventos. Embora sismicamente ativa, a região não apresentava tremores significativos desde o evento de L'Aquila.

O tremor mais significativo daquela região ocorreu no sul da Itália, em 23 de novembro de 1980, a apenas 270 km de distância do evento atual e atingiu 6.9 magnitudes.







Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2018
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"O diabo é um otimista se pensa que pode fazer as pessoas piores do que são. " - Karl Kraus