Espaço - Ciências - Fenômenos Naturais
Compartilhe! 

Editoria: Fenômenos Naturais - Vulcões
Terça-feira, 10 mai 2016 - 10h00

Enxame sísmico é observado abaixo do vulcão Santa Helena, EUA

Uma série anômala de tremores está sendo observada alguns quilômetros abaixo do Monte Santa Helena, nos EUA, o que pode significar que o magma das profundezas está subindo em direção à superfície.

Monte Santa Helena
Erupção do vulcão Santa Helena, em 18 de maio de 1980

O Santa Helena explodiu violentamente em 18 de maio de 1980 e é considerado um dos vulcões mais ativos dos EUA. Naquela ocasião, antes de entrar em erupção a montanha também apresentou um intenso enxame, mas os pesquisadores ainda não têm certeza se o mesmo deve acontecer agora.

De acordo com o USGS, o Instituto de Pesquisas Geológicas dos EUA, os tremores tiveram início no dia 5 de maio e desde então não cessaram. Os registros do órgão chegaram a detectar mais de 130 abalos nas últimas duas semanas, sendo que 120 ocorreram desde o último domingo, 8 de maio.

De acordo com os vulcanologistas, essa grande atividade sísmica se deve provavelmente ao fluxo de magma que está se movimentando abaixo da montanha e subindo em direção à superfície, mas é muito cedo para dizer se isso é um sinal de erupção.

Segundo o USGS, os tremores estão acontecendo entre 2 e 7 km de profundidade, um camada abaixo da montanha que é relativamente ativa sismicamente, mesmo quando não está em erupção. O que chama a atenção neste momento é a quantidade de abalos, bem acima da média para os momentos de calmaria.

No entender dos especialistas, tudo indica que a câmara de magma está transmitindo tensões na medida em que se recarrega lentamente. O estresse relativo ao processo impulsiona o magma (rocha derretida) entre as fissuras, ocasionando os tremores.

O padrão atual de sismicidade é semelhante aquele em 2013 e 2014 e os enxames de recarga na década de 1990 tinham taxas muito mais elevadas de tremores e liberação de energia.


Preocupação
Embora os especialistas descartem uma erupção iminente da montanha, as preocupações com o Santa Helena não são à toa. A erupção de 1980 matou 57 pessoas, destruiu 200 casas, danificou 300 quilômetros de rodovias e provocou danos ambientais numa área de 550 quilômetros quadrados. A cinza ejetada causou graves problemas respiratórios em moradores situados até 1600 quilômetros de distância.


A montanha
O Monte Santa Helena fica situado no sudoeste do estado norte-americano de Washington, 160 quilômetros ao sul de Seattle.
É um vulcão de erupções explosivas, com um cone alto e de vertentes inclinadas. Até 1980, tinha 2900 metros de altura, mas perdeu 400 metros do seu cume após a erupção de 1980.







Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2018
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"As leis não são feitas para o homem bom" - Sócrates