Apolo11.com - Imagens de satélite, tecnologia e fenômenos naturais



Imagens de satélites e sensoriamento remoto

Juan atinge o Canadá com fortíssimos temporais e causa muitos prejuízos

29-set-2003 06h58 - O furacão Juan atingiu a província da Nova Escócia, no Canadá, na noite deste domingo, com ventos de até 130 km/h. Os efeitos da tempestade foram sentidos mais fortemente em Halifax, onde o olho do furacão passou a 50 km de distância.

Segundo autoridades canadenses, pelo menos uma pessoa morreu. Centenas de árvores foram derrubadas e em Halifax , apesar de não ter havido grandes alagamentos, houve sério dano ao terminal ferroviário. A Defesa Civil de Halifax aguarda o amanhecer para começar a calcular os prejuízos, que acreditam, sejam muitos grandes.
Após a passagem pela Nova Escócia, Juan perdeu as características de furacão e na manhã de hoje (segunda) já havia se transformado em tempestade tropical.

Segundo o Centro Nacional de Furacões, em Miami, às 06h00 (Hora Brasíla) a pressão barométrica era de 987 milibares e subindo. Os ventos da tempestade eram de 110 km/h o que o rebaixa à categoria de tempestade tropical.

Durante a passagem da tempestade, o Aerporto Internacional de Halifax registrou ventos de 145 km/h e no porto de Halifax os ventos chegaram a 122 km/h.

 
FOTO

ANIMAÇÃO
(4 Mbytes)

HISTÓRICO

Furacão Juan atingirá Halifax, Canadá, em algumas horas

28-set-2003 12h35 - O olho do furacão Juan localiza-se neste momento a 585 km ao sul de Halifax, Canadá, sobre as coordenadas 39.4 N e 64.1 W.

Segundo o Centro Nacional de furacões (NHC), em Miami, Juan, que deverá alcançar a região de Nova Escócia até a noite deste domingo, produz ventos sustentados de 165 km/h com rajadas chegando a 194 km/h. A pressão barométrica é de 973 milibares e sua velocidade de deslocamento é de 32 km/h.

Segundo o NHC, Juan deverá diminuir de intensidade conforme se dirige em direção às águas mais frias do Atlântico Norte, mas deverá atingir o continente ainda na condição de furacão.

Furacão Juan aumenta de intensidade e transforma-se em categoria 2

27-set-2003 19h45 - Às 18h00 (hora de Brasília) o Centro Nacional de Furacões (NHC) em Miami, informou que o furacão Juan aumentou de intensidade e foi promovido à categoria 2 na escala Saffir-Simpson, que vai até 5.

Neste momento os ventos sustentador da tormenta estão ao redor de 168 km/h com rajadas atingindo 192 km/h. Segundo o NHC, Juan deve a começar a atingir a Nova Escócia, no Canadá, neste domingo,27, à tarde.

No último boletim divulgado, a pressão barométrica no olho do furacão caiu 11 milibares, sendo agora de 970 milibares.

A tempestade localiza-se neste momento a 1100 quilômetros ao sul de Halifax, na Nova Escócia, sobre as coordenadas 35.9 N e 63.4 W.

Juan deve atingir o Canadá neste domingo

27-set-2003 06h21 - Às 06h00 (hora de Brasília) deste sábado, o Centro Nacional de Furacões (NHC) em Miami, informou que o furacão Juan, de categoria 1, deve começar a atingir a Nova Escócia, Canadá, neste domingo,28, à tarde.

A pressão barométrica no olho do furacão é da ordem de 981 milibares e caindo, com ventos sustentados de 140 km/h e violentas rajadas.
No momento deste boletim a tempestade localizava-se a 1100 quilômetros ao sul de Halifax, na Nova Escócia, sobre as coordenadas 34.9 N e 62.4 W.



Juan é o quarto furacão da temporada

26 de setembro de 2003 - Às 12h00 (hora de Brasília) desta sexta-feira, o Centro Nacional de Furacões (NHC) em Miami emitiu novo aviso, informando que a tempestade tropical Juan transformou-se em furacão.

Segundo o NHC, Juan localiza-se a 200 a leste das Bermudas. Os ventos sustentados são neste momento de 120 km/h com fortes rajadas. Esta intensidade faz de Juan um furacão categoria 1 na escala Saffir-Simpson, que vai até 5. A pressão barométrica, medida por aviões caça-furacões está estimada em 987 milibares.

Para que você veja essas tormenta através dos satélites, basta clicar na seção Via Satélite: Tempestades Severas e em seguida escolha o Setor 1.

Através da animação das últimas cinco imagens enviadas pelo satélite GOES-12, todo o deslocamento destes sistemas poderá ser acompanhado.



IMAGENS DE SATÉLITES !    Clique e conheça nosso Vídeo Workshop de sensoriamento remoto e imagens meteorológicas.
Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2001 - 2021
Política de Privacidade

"Os homens deveriam fazer com suas esperanças o que fazem com suas galinhas: cortar suas asas para que não possam fugir voando" - Lorde Halifax