Mapas e imagens de satélite sobrepostos




   Agosto de 2005
   Furacão Katrina massacra New Orleans

Clique aqui e veja a imagem em alta-resolução

No dia 28 de agosto de 2005 o Centro Nacional de Furacões, localizado em Miami, EUA, dava conta, de que o extremamente violento furacão katrina se dirigia à região de New Orleans.

De acordo com o instituto, Katrina era um gigante de força máxima, com ventos de 280 km/h capazes de provocar danos catastróficos.

Em New Orleans, na Louisiana, o prefeito Ray Nagin declarou estado de emergência e ordenou a evacuação total e obrigatória das 485 mil pessoas que moram na cidade. A Defesa Civil dos EUA (FEMA), pediu àqueles que não pudessem deixar a cidade que procurassem imediatamente os abrigos e levassem alimentos e água suficientes para vários dias.

Todos os avisos emitidos foram publicados no Apolo11.

Mesmo assim, milhares de pessoas permaneceram na cidade. No dia 30 de agosto de 2005 Katrina tocou o continente com força máxima, com rajadas que atingiam a marca de 346 km/h.

Em New Orleans, os diques que protegem a cidade não aguentaram as ondas gigantes e ruíram, alagando a cidade e matando centenas de pessoas.

Segundo dados do governo americano, esta é a maior tragédia natural daquele país. Alem da perda de vidas humanas, os prejuízos foram estimados em mais de 200 bilhões de dólares.

No momento desta imagem, feita pelo satélite NOAA-15 a 800 km de altitude, o centro do olho da tempestade se localizava sobre as coordenadas 26.0 N e 88.W, aproximadamente a 360 km a sul-sudeste da foz do rio Mississippi.

Para ler as matérias sobre o furacão Katrina, acesse https://www.apolo11.com/temporada_furacoes_2005.php?posic=dat_20050828-132241.inc

Março de 2007
A caminho de Plutão sonda fotografa vulcão em erupção em lua de Júpiter

Fevereiro de 2007
Satélite mostra rua de nuvens sobre os Grandes Lagos

Janeiro de 2007
Cometa C2006 P1 McNaught visível sobre São Caetano




Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2018
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"As leis não são feitas para o homem bom" - Sócrates