Apolo11.com - Imagens de satélite, tecnologia e fenômenos naturais



Imagens de satélite e sensoriamento remoto

INPE conclui protótipo de sistema de determinação de atitude e navegação
São Paulo, 21 de Maio de 2003
ÍNDICE GERAL   

Um grupo de pesquisa do INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), sob a coordenação do pesquisador Otávio Durao, finalizou a segunda fase do projeto "Plataforma Integrada Sensores Inerciais/GPS (Sistema de Posicionamento Global)". O projeto foi elaborado com o apoio do programa PIPE (Programa Inovação Tecnológica em Pequenas Empresas) da Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo) e foi realizado em parceria com a empresa NAVCON - Navegação e Controle Indústria e Comércio Ltda.

Em uma reunião realizada na última sexta-feira (04) os pesquisadores envolvidos no projeto, o engenheiro Valter Schad, representante da empresa, e o coordenador de planejamento e avaliação do instituto, Décio Ceballos, discutiram os avanços e resultados do projeto. O encontro proporcionou também um debate sobre a possibilidade de desenvolver o projeto relacionando-o com o Escritório de Negócios e a Lei de Inovação.

Durao, o coordenador do projeto no INPE, disse que o SMAN (Sistema Modular de Atitude e Navegação) está pronto para ser testado em sistemas espaciais de satélites. "Nós estamos preparados para desenvolver os componentes. Temos o conhecimento necessário, pessoal preparado e equipamentos adequados", afirmou. O sistema é considerado uma inovação tecnológica, pois conseguiu integrar a tecnologia GPS com sistemas inerciais, como acelerômetros e giroscópios, o que permite maior precisão e melhores resultados no controle de atitude e navegação.

De acordo com as especificações do SMAN, o sistema poderá ter várias aplicações, como a determinação de atitude de satélites usando GPS e sensores inerciais, a determinação de atitude e rumo para aeronaves, o monitoramento de veículos terrestres, o posicionamento dinâmico de plataformas marítimas de petróleo e ainda aplicações onde ocorre obscurecimento ou falha eventual de recepção do GPS.

O grupo espera agora a aprovação por parte da Fapesp da terceira fase do projeto, que consiste no desenvolvimento do sistema completo a partir do protótipo.

Receptor GPS - Ainda com apoio do programa PIPE um outro importante experimento foi desenvolvido por pesquisadores do INPE: um receptor GPS adaptado para aplicações espaciais.

De acordo com o coordenador do projeto, o pesquisador Marco Antonio Chamon, na fase II do projeto a equipe irá estudar as limitações e possibilidades para validação e qualificação do receptor GPS espacial. "É necessário que realizemos testes no ambiente espacial, pois é importante dominarmos essa tecnologia do GPS pelo valor agregado que ela terá no futuro", afirmou.

INPE





IMAGENS DE SATÉLITES !    Clique e conheça nosso Vídeo Workshop de sensoriamento remoto e imagens meteorológicas.
Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2001 - 2019
Política de Privacidade

"A melhor política consiste em dizer a verdade, a menos que a pessoa tenha uma habilidade excepcional para mentir" - Jerome K. Jerome