Apolo11.com - Imagens de satélite, tecnologia e fenômenos naturais



Imagens de satélite e sensoriamento remoto

Governo lança Semana Nacional da Água
São Paulo, 22 de Março de 2004
ÍNDICE GERAL   

A Semana Nacional da Água será aberta oficialmente na segunda-feira (22), Dia Mundial da Água, pela ministra do Meio Ambiente, Marina Silva. Durante a cerimônia, a partir das 17h, no Cine Brasília, serão anunciados programas federais para levar água a populações que sofrem com a escassez, como o Água Doce, além de campanhas pela preservação e pelo consumo racional dos recursos hídricos. Haverá, ainda, o pré-lançamento do filme Espelho d´água - Uma viagem pelo Rio São Francisco.

Entre os dias 20 e 26, a SRH - Secretaria de Recursos Hídricos e a ANA - Agência Nacional de Águas promovem uma série de seminários, abertos ao público, abordando a gestão e o bom uso da água no Brasil. Também participam do lançamento da Semana da Água o secretário de Recursos Hídricos do MMA, João Bosco Senra, e o diretor-presidente da ANA, Jerson Kelman. Programação e inscrições para os eventos estão disponíveis na internet no site www.mma.gov.br .

Marina Silva lembra que o Ministério do Meio Ambiente vem trabalhando em parceria com os mais variados segmentos da sociedade, com Comitês de Bacias Hidrográficas, com o CNRH - Conselho Nacional de Recursos Hídricos e com outros setores organizados para levar água de boa qualidade a uma parcela da sociedade brasileira que ainda sofre com a escassez ou com a poluição da água. "A construção de cisternas no Semi-Árido, o Programa Água Doce, a ampliação do CNRH, o combate à desertificação, a construção do Plano Nacional de Recursos Hídricos são exemplos de iniciativas desenvolvidas em parceria com a sociedade civil e outras instâncias de governo".

Água Doce - No Semi-Árido brasileiro vivem cerca de dezoito milhões de pessoas, em uma área de quase 900 mil quilômetros quadrados, semelhante a do estado do Mato Grosso. Complicando a situação, a maioria da água disponível está no subsolo, com elevado teor de sal, causando danos à saúde se for consumida.

Para tentar solucionar o problema, desde a década de 1980 foram perfurados mais de cem mil poços (muitos clandestinos) e instalados cerca de dois mil aparelhos dessalinizadores na área, que envolve o norte de Minas Gerais e nove estados do Nordeste. No entanto, a maior parte dos poços e dos dessalinizadores está hoje desativada. As causas seriam o baixo envolvimento comunitário na elaboração e implantação dos projetos e a falta de um programa de manutenção dos equipamentos e para dar um destino adequado aos resíduos, o que acabou gerando impactos ambientais.

Agora, por meio do Água Doce, serão instalados novos equipamentos de dessalinização em poços tubulares e recuperados aqueles dessalinizadores que apresentarem condições de reaproveitamento. E quando for possível, a dessalinização será associada a sistemas locais de produção, com o aproveitamento dos resíduos em aqüicultura, irrigação de plantas que absorvam sal em quantidade e com potencial para alimentação de caprinos, além produção de sal, entre outros usos. Os dessalinizadores funcionarão com eletricidade e, em alguns casos, com energia solar.

Serão priorizadas as comunidades com menor Índice de Desenvolvimento Humano e que disponham de águas com elevado teor de sal, principalmente aquelas atendidas pelo Fome Zero e que apresentarem menores quantidades de chuvas e de abastecimento de água. Participam do Comitê Gestor do Água Doce dez ministérios, a Secretaria de Aqüicultura e Pesca, além dos estados e de organizações da sociedade civil do Semi-Árido.


Espelho - O filme Espelho d´Água - Uma Viagem no Rio São Francisco vai trazer um pouco da história do manancial, contada em tom de fábula e misturando lendas e realidade, levando à tela alguns personagens do rio que corta cinco estados brasileiros. A direção é de Marcus Vinícius Cezar e a produção de Carla Camurati. No elenco, Fábio Assunção, que participará do pré-lançamento, Carla Regina e outros.


Exposição - No sábado (20), antecedendo o lançamento oficial da Semana da Água, foi aberta a exposição Água Brasilis - Natureza e Homem no Curso da História, no Pátio Brasil Shopping, em Brasília (DF).

A exposição vai trazer a história do uso da água no Brasil passando por diversos ciclos econômicos, e pretende chamar a atenção do público para a necessidade da preservação do recurso natural. A mostra é organizada pela Estação Ciência da Universidade de São Paulo e Serviço Social do Comércio (Sesc) e vai funcionar das 10h às 22h, até o dia 31.

Ministério do Meio Ambiente





IMAGENS DE SATÉLITES !    Clique e conheça nosso Vídeo Workshop de sensoriamento remoto e imagens meteorológicas.
Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2001 - 2018
Política de Privacidade

"Um tolo com instrução é um tolo maior que um com falta dela." - Benjamim Franklin