Apolo11.com - Imagens de satélite, tecnologia e fenômenos naturais



Imagens de satélite e sensoriamento remoto

Ranking verde tem Brasil em boa posição
São Paulo, 08 de Fevereiro de 2005
ÍNDICE GERAL   

Acaba de sair um ranking mundial no qual o Brasil não faz feio. A surpresa maior é que o assunto é o meio ambiente. O país está em um honroso 11º lugar no Índice de Sustentabilidade Ambiental 2005, produzido por cientistas das universidades de Colúmbia e Yale, nos Estados Unidos, e que acaba de ser divulgado.

O índice lista 146 países em ordem da “atuação ambiental” de cada um, que combina 21 indicadores, como biodiversidade, qualidade do ar e da água, iniciativas para a redução de poluição, saúde e governança ambiental e participação em esforços internacionais colaborativos.

A Finlândia está em primeiro lugar no ranking, resultado da riqueza, da baixa densidade populacional e das políticas ambientais eficientes conduzidas pelo país, segundo os autores do estudo. A vizinha Noruega vem em seguida, por motivos semelhantes. O Uruguai ocupa a terceira posição, seguido por Suécia, Islândia, Canadá, Suíça, Guiana, Argentina e Áustria, completando os dez primeiros.

“Diversos países latino-americanos estão entre os 20 primeiros do ranking. Isso reflete alguns aspectos dos seus desenvolvimentos. Embora algumas dessas nações tenham adquirido reputações negativas por abusos a recursos naturais, como o acelerado desmatamento da Amazônia na década de 1980, a maior parte da região continua preservada e rica em recursos naturais”, disseram os autores.

Outra explicação para a boa posição da maioria dos países latino-americanos é o fato de terem grande parte de suas economias voltada para a agricultura, o que não ocorre com as nações industrializadas.

O México foi a exceção, ficando com apenas a 95ª posição. Entre os exemplos negativos estão a Coréia do Sul, em 122º, e a China, em 133º. Entre os países com as piores classificações encontram-se Uzbequistão, Iraque, Turcomenistão, Taiwan e, por último, a Coréia do Norte.

Se considerados apenas os países que não fazem parte da Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE), grupo dos países desenvolvidos, o Brasil ocupa a quarta posição.

As nações mais ricas e poderosas – e industrializadas – do planeta não se classificaram bem na lista. O Japão está na 30ª posição, uma acima da Alemanha. A França ficou em 36º e os Estados Unidos em 45º.

Em situação embaraçosa está o Reino Unido, no 66º posto, apesar dos discursos ambientalistas do primeiro-ministro, Tony Blair, como o feito no final de janeiro, em que pediu maior cooperação dos Estados Unidos nos esforços internacionais para diminuição da poluição. Os autores do estudo alertam que mesmo aqueles que estão no alto da lista precisam estar atentos às necessidades ambientais. O Brasil é citado como exemplo, uma vez que, apesar de bem classificado, continua a destruir suas florestas, segundo disse um dos responsáveis pelo levantamento, Marc Levy, da Universidade de Colúmbia, à revista Nature.







IMAGENS DE SATÉLITES !    Clique e conheça nosso Vídeo Workshop de sensoriamento remoto e imagens meteorológicas.
Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2001 - 2018
Política de Privacidade

"As leis não são feitas para o homem bom" - Sócrates