Mapas e imagens de satélite sobrepostos




Jeanne atinge a Flórida, mata 4 e deixa 3 milhões de pessoas sem energia elétrica

Segunda-feira, 27 de setembro de 2004, 07h00 - Após passar pelas Bahamas na tarde de sábado, onde causou diversos alagamentos e prejuízos ainda não calculados, o furacão Jeanne atingiu a Flórida à meia-noite de sábado.

A região de Melbourne foi a primeira a sentir o impacto dos ventos de categoria 3 (entre 178 e 209) km/h. Jeanne cruzou o estado com velocidade de 22 km/h e por onde passou deixou seu rastro de destruição. Quatro pessoas morreram e este número pode ser maior.

Em todo o estado quase 3 milhões de pessoas estão sem energia elétrica. O que se vê pelas ruas são casas muito danificadas, geralmente destelhadas e árvores e postes caídos. As ruas estão alagadas.

Em seu último boletim, emitido às 06h00, o Centro Nacional de Furacões informava que Jeanne havia enfraquecido e que seus ventos eram de 80 km/h. A posição exata, informada pelo centro era sobre as coordenadas 30.5 N e 83.6 W, ou a 64 km a leste de Tallahassee, próximo a Georgia. Informes desta região dão conta de intensos temporais estão ocorrendo. Segundo o NHC, até 152 mm de chuva ainda deverão ser precipitados sobre o caminho de Jeanne, que deverá se enfraquecer ainda mais nas próximas horas.


Desde que se formou, Jeanne já matou mais de 1700 pessoas. Somente no Haiti foram 1500 mortes e um saldo de 300 mil pessoas desabrigadas. Em Gonaives (foto), cidade mais atingida, 200 mil pessoas estão sem abrigo e vivendo em situação de desespero, devido principalmente à falta de água e alimentos, que são disputados violentamente.




Página Principal - Conheça melhor o Apolo11.com

Veja o Histórico






  Data
Tracking

Satélite
atualizado


Escala
Saffir-Simpson


Temporada de
Furacões 2004


Tempestade
Jeanne


Furacão
Ivan


Furacão
Frances


Furacão
Charley


Furacão
Alex





IMAGENS DE SATÉLITES !    Clique e conheça nosso Vídeo Workshop de sensoriamento remoto e imagens meteorológicas.
Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2001 - 2020
Política de Privacidade

"Político honesto é o que, depois de comprado, permanece comprado" - Simon Cameron